Manual de aplicações Dcryptis - Explicações e descrições detalhados e actualizados com imagens.



Manual versão 4.5

Acerca deste manual:

Em vez de ter vários manuais para todas as aplicações Dcryptis, adicionámos-as todas neste manual. É possível que não instale todas as aplicações no seu computador, se este for o caso, ignore as secções que não se aplicam à sua configuração personalizada.


Secção Página
Instalação de todas as aplicações Dcryptis 1-1 2
Tabela de conteúdos Dcryptis LogIn (DSLogIn) 2-1 3
Manual Dcryptis LogIn (DSLogIn) 2-2 4-21
Tabela de conteúdos Dcryptis Palavras de Passe (DSPasswords) 3-1 22
Manual Dcryptis Palavras de Passe (DSPasswords) 3-2 23-25
Tabela de conteúdos Dcryptis Gestão e Facturação (DSInvoices) 4-1 26
Manual Dcryptis Gestão e Facturação (DSInvoices) 4-2 27-128
Manual Dcryptis Produção (DSProduction) 5-1 129-131
Manual Dcryptis Contas (DSAccounts) 6-1 132-137
Manual Dcryptis Encomendas Automáticas (DSOrder) 7-1 138-139
Menus de contexto 8-1 140-145
Exportações de Ficheiros SAF-T 1.04.01. 9-1 146-147
Adicionar e editar relatórios 10-1 148-155
Apêndice 11-1 156
Auto factura 11-2 157
Factura de terceiros 11-3 158
Nota créditos clientes 11-4 159
Tabela de conteúdos Dcryptis Transformar Imagens (DSImages) 12-1 160
Manual Dcryptis Transformar Imagens (DSImages) 12-2 160-161



Instalação de todas as aplicações 1-1 Página 2

Requisitos: Windows 7 ou superior e conexão Internet. O computador utilizado deve ser adequado para executar o sistema operacional Windows.

Faça a descarga das aplicações Dcryptis somente a partir da nossa página em www.dcryptis.com!

Quando a janela “pop-up” aparecer, clique em “Seguinte” e siga o guia de instalação assistente. Quando o processo de instalação concluir, pode iniciar a aplicação.

Para desinstalar as aplicações Dcryptis:

As aplicações Dcryptis podem ser desinstalados usando o seguinte método: Windows Painel de Controlo -> Programas e Funções e clique em Dcryptis.

Para reparar as aplicações Dcryptis:

Clique no atalho LogIn na área de trabalho ou na pasta Dcryptis em todas Programas no menu inicio.

Ou abra o Windows Painel de Controlo -> Programas e Funções e clique em Dcryptis. Na barra de ferramenta acima, aparece a palavra Reparar.




Table de conteúdos Dcryptis LogIn (DSLogIn) 2-1 Página 3

Secção Página
Sobre a aplicação 2-2 4
Licença 2-3 5-6
Adicionar e editar utilizadores 2-4 7
LogIn e opções adicionais 2-5 8-10
Alterar as configurações da aplicação 2-6 11-16
Usar o calendário para lembretes 2-7 17-20
Administradores 2-8 21



Sobre a aplicação 2-2 Página 4

Esta é a principal entrada para as aplicações Dcryptis. Após o login, ganha acesso a todas as aplicações Dcryptis instaladas no seu computador.

As aplicações Dcryptis usam apenas ficheiros criptografados. O utilizador não é obrigado a utilizar quaisquer configurações específicas do Windows, com o excepção de importar dados de MS Excel veja página 33 Como começar. As imagens utilizadas neste manual foram tiradas da aplicação com as configurações padrão. Se você quer que seu aplicação seja exibido da mesma maneira que neste manual, você deve redefinir a aplicação para as configurações padrão.

Temos centenas de dicas para ajudá-lo com os diferentes controlos. Passe com o rato sobre as caixas de texto, caixas de combinação, botões e outros controlos para ver a sua descrição.

As aplicações e este manual não utilizam as novas regras ortográficas portuguesas.




Licença 2-3 Página 5

Esta é a primeira janela que se abre se você executar a aplicação pela primeira vez. Esta janela é usada para enviar a chave de activação ou para alterar a chave de activação, se for necessário.

Imagem 1

PTImage1.png

1.) Na primeira caixa de texto, você deve inserir a chave de activação, que foi enviada por e-mail após a compra de uma licença ou o registro de uma licença de demonstração.
2.) Clique no botão para reiniciar e recarregar sua licença. Esta opção é útil se a sua licença tiver mudado.
3.) Clique no botão para enviar um e-mail com uma solicitação de renovação de licença.
4.) Esta secção mostra todos os aplicações licenciados.
5.) Clique na caixa de verificação para confirmar que concorda com a licença.
6.) Clique no link para abrir e ler o contrato de licença.
7.) Clique no botão OK para enviar o pedido de licença. O computador tem estar online para a verificação da licença. A chave de activação será verificada e, se confirmada, um arquivo de certificação será gravado no disco rígido.



2-3 Licença Página 6

Nota: Caso a licença expire, introduza a sua nova chave de activação. Se você fechar a janela sem uma licença registada, a aplicação será fechado. A aplicação verifica a licença periodicamente. No início do LogIn, a aplicação verifica se o computador está on-line e se a aplicação pode acessar a Internet. Se nenhuma conexão de Internet estiver disponível um contador começa e permite de executar a aplicação três dias sem conexão à Internet. Depois de iniciar o Dcryptis LogIn no quarto dia sem ligação à Internet, a licença será definido temporário a não ser confirmado. Uma vez online novamente, a licença é redefinida para o estado actual.

Imagem 1a

Mostra a janela Licença com uma licença confirmada.

PTImage1a.png

Após ter criado um utilizador a janela da licença poderá ser aberta a partir do terceiro botão da barra superior. Veja página 8 imagem 3 na (secção 2-5).




Adicionar e editar utilizadores 2-4 Página 7

Esta janela abrirá pela primeira vez depois da chave de activação ter sido enviada. Todos os utilizadores que venham a ter acesso local às aplicações Dcryptis devem ser inseridos aqui.

Imagem 2

PTImage2.png

1.) Quando terminar de editar as configurações do utilizadores, clique este botão.
2.) Clique neste botão para adicionar um novo utilizador.
3.) Clique neste botão para eliminar um utilizador. O utilizador número 1 tal como o utilizador conectedo no momento não podem ser eliminados.
4.) Clique neste botão para abrir uma visão geral de todos os utilizadores criados. Clicando duas vezes numa linha na vista da grelha, abre o registo selecionado.
5.) Clique neste botão para mostrar uma ajuda rápida para esta janela.
6.) Pode tambem seleccionar um utilizador na caixa de selecção.
7.) O nome de utilizador não pode ultrapassar os 20 dígitos.
8.) Clique na caixa de verificação se o utilizador selecionado deve ter direitos de administrador.
9.) Clique na caixa de verificação se o utilizador selecionado tiver permissão para utilizar o calendário.



LogIn e opções adicionais 2-5 Página 8

Esta janela é a entrada principal para todas as aplicações. Aqui poderá conectar-se à sua conta de utilizador e ter acesso a todas as outras janelas desta aplicação através da barra de ferramentas.

Imagem 3

PTImage3.png

1.) Clique neste botão para abrir o registo dos utilizadores. Apenas os administradores poderão ter acesso a esta janela. Veja página 7, secção 2-4.
2.) Clique neste botão para alterar a palavra de passe e o email do utilizador actual.
3.) Clique neste botão para abrir as configurações para todas as aplicações Dcryptis instaladas neste computador.
4.) Clique neste botão para abrir a janela da licença.
5.) Clique neste botão para abrir a aplicação calendário, onde pode definir lembretes e compromissos. A janela de calendario abre automatico em caso que lembretes ou compromissos são devido. Veja página 17-20, section 2-7.
6.) A persiana é aberto após o login e é usado como informação visual do status registado do utilizador actual.
7.) Digite o nome de utilizador. Tamanho permitido é de 4 a 15 dígitos. Os dígitos permitidos são: (a-z) (A-Z) (0-9) (-) (_) e (espaço).
8.) Digite a palavra passe nesta caixa de texto. Todas as caixas de texto para palavras de passe são especialmente protegidas. A entrada de utilizador não pode ser encontrada na memória e as teclas digitadas não são gravadas.
9.) Clique neste botão, depois de introduzir o nome de utilizador e a palavra-passe, para iniciar a sessão.



LogIn e opções adicionais 2-5 Página 9

Alterando a palavra de passe do utilizador

Imagem 3a

PTImage3a.png

1.) A palavra passe deve ter entre 4 a 15 dígitos.
2.) Confirme a palavra passe nesta caixa de texto.
3.) Insira o seu email. Caso você tenha esquecido a sua palavra de passe, a sua palavra de passe pode ser enviada por e-mail.
4.) Clique no botão para guardar as alterações.



LogIn e opções adicionais 2-5 Página 10

Opções adicionais:

No comando de atalho de um atalho de Login, você pode definir as seguintes opções adicionais. Um ou mais comandos adicionais podem ser usados. Separe cada comando com um espaço. Adicione o comando no final da linha de destino nas propriedades de atalho, como mostrado na imagem 4.

Imagem 4

PTImage4.png

1.) Defina um hífen mais o ISO de um idioma para exibir esse idioma primeiro, indiferente qual idioma foi usado pela última vez. Exemplo: -EN
2.) Defina um hífen mais dt para mostrar o tema padrão primeiro em diferente qual tema foi usado pela última vez. Exemplo: -dt
3.) Defina um hífen mais ns para ocultar a tela de abertura inicial no início. Exemplo: -ns
4.) Defina um hífen mais su para mostrar o último nome de utilizador no início. Exemplo: -ns

Exemplo de comandos múltiplos: -EN -dt –ns –su: Exibe a língua inglesa, usa o tema padrão, esconde a tela de abertura e mostra o último nome de utilizador.




Alterar as configurações da aplicação 2-6 Página 11

As configurações podem ser abertas através da barra de ferramentas no menu LogIn. As opções que escolher aplicar-se-ão a todas as aplicações Dcryptis instaladas no seu computador. Aqui pode definir o idioma, o tamanho e estilo dos caractéres entre outras coisas. Pode igualmente salvaguardar a sua actual configuração como um tema se clicar no botão “Exportar” na barra de ferramentas, desta forma poderá guardar temas personalisados e utilizá-los sempre que desejar. Para utilizar um tema criado e guardado por si, basta carregar o tema para o seu perfil clicando no botão “Carregar” na barra de ferramentas. Outros utilizadores podem igualmente efectuar esta acção.

Imagem 5

PTImage5.png



Alterar configurações 2-6 Página 12

1.) Clique neste botão para aplicar as alterações.
2.) Clique neste botão para carregar um tema. Os idiomas e as opções de mensagem não são carregados com um arquivo de tema.
3.) Clique neste botão para exportar o tema actual.
4.) Clique neste botão para verificar se há actualizações.
5.) Clique neste botão para exibir as configurações básicas.
6.) Clique neste botão para mostrar as configurações de cor.
7.) Clique neste botão para exibir as configurações da mensagem.
8.) Clique neste botão para exibir as configurações de caminho de pastas.
9.) Selecione um idioma na lista de caixa de combinação.
10.) Selecione uma fonte da lista de caixa de combinação.
11.) Selecione um tamanho de fonte na lista de caixa de combinação. O tamanho de todas as janelas herdará então esse tamanho de fonte.
12.) Selecione uma imagem de plano de fundo.
13.) Selecione um quadro de lista. Se o quadro e a persiana estiverem configurados para um hífen, a imagem da janela ficará oculto.
14.) Selecione uma persiana de lista. Se o quadro e a persiana estiverem configurados para um hífen, a imagem da janela oculto.
15.) Selecione uma cor da moldura da lista.
16.) Selecione um arquivo de áudio de boas-vindas da lista.
17.) Selecione uma ação da lista para indicar o que deve acontecer após o login.
18.) Marca para mostrar a lado esquerda, direita e inferior de moldura, como uma linha fina.
19.) Marca para azulejar o fundo em azulejos iguais.
20.) Repor todas as definições para as predefinições. Incluindo idioma e tamanho de fonte padrão.
21.) Selecione uma cor para o fundo de controles. Tente selecionar uma cor que esteja em contraste com o primeiro plano. Para redefinir uma cor, clique com o botão direito do mouse no botão.
22.) Selecione uma cor para a fonte. Tente selecionar uma cor que esteja em contraste com o plano de fundo. Para redefinir uma cor, clique com o botão direito do mouse no botão.
23.) Selecione uma cor para o plano de fundo. Tente selecionar uma cor que esteja em contraste com o primeiro plano. Para redefinir uma cor, clique com o botão direito do mouse no botão.
24.) Mostra a sua selecção num imagem.



Alterar configurações 2-6 Página 13

Clique em “Cores” na barra de ferramentas para abrir as opções como mostra a imagem 6.

Imagem 6

PTImage6.png



Alterar configurações 2-6 Página 14

1.) Seleccionar uma cor para as janelas de cabeçalho.
2.) Seleccionar a opacidade para as janelas de cabeçalho. 100% não estabelece qualquer opacidade.
3.) Seleccionar a opacidade dos ícones. Pode reduzir a intensidade da cor ao aumentar a opacidade. 100% não estabelece qualquer opacidade.
4.) Mude a cor dos ícones para sépia.
5.) Seleccionar uma cor para o separador das janelas.
6.) Seleccionar uma cor para as células na vista-grelha.
7.) Selecione uma cor de célula alternativa para as exibições de grelha. Se você não gosta de cores alternadas em suas exibições de grelha, defina esta cor como a cor da célula.
8.) Selecione uma cor para as linhas de célula de visualizações de grelha.
9.) Selecione uma cor para o plano de fundo da célula de exibição da grelha.
10.) Selecione uma cor de selecção para o plano de fundo da célula de exibição de grelha.
11.) Clique no botão para procurar diferentes cores de exibição de grelha predefinidas. Após uma selecção, as cores predefinidas podem ser alteradas.
12.) Mostra o nome da cor predefinida.



Alterar configurações 2-6 Página 15

Clique no botão de mensagem na barra de ferramentas para mostrar essas opções.

Imagem 7

PTImage7.png

1.) Clique na caixa de selecção para mostrar todas as mensagens novamente que foram clicadas para não mostrar mais.
2.) Defina um tempo de duração da notificação.
3.) Se a caixa de selecção estiver marcada, as mensagens de notificação serão exibidas com uma animação.
4.) Defina o local onde as notificações devem aparecer no ecran.



Alterar configurações 2-6 Página 16

Clique no botão de caminho na barra de ferramentas para mostrar essas opções.

Imagem 7a

PTImage7a.png

1.) Este rótulo mostra o local de cópias de segurança padrão.
2.) Defina uma segunda pasta para as cópias de segurança de ficheiro Users.xmll. Para restaurar um arquivo de utilizadores, copie um arquivo de cópia de seguranca como Users-xxx.xmlb para a pasta de arquivos de utilizadores. Por padrão, esta pasta é definida como Data no directório de aplicação. Renomeie o ficheiro para Users.xmll.
3.) Defina a quantidade de cópias de segurança para manter.



Usar o calendário para lembretes 2-7 Página 17

O calendário pode ser aberto a partir do menu LogIn.

Imagem 8

PTImage8.png

Depois que um utilizador estiver registado, o calendário será aberto, mostrando uma lista com todos os lembretes e compromissos não resolvidos. Após a primeira vez, a janela do calendário será aberta novamente, se um lembrete ou compromisso é definido para o dia e a hora actual.




Usar o calendário para lembretes 2-7 Página 18

1.) Abrir o registo selecionado enquanto estiver em modo de vista grelha.
2.) Guardar o registo em ficheiro.
3.) Adicionar um novo registo.
4.) Apagar um registo. Na vista grelha é possível seleccionar várias linhas e clicar apagar, para apagá-las todas.
5.) Abra a vista da grelha enquanto estiver na vista de registo.
6.) Mover o registo na visualização de registo ou filtro para célula selecionada na visualização de grelha.
7.) Mova o registo na visualização de registo ou exclua a célula selecionada na visualização de grelha.
8.) Mova o registo na visualização de registo ou remova qualquer filtro na visualização de grelha.
9.) Mova o registo na visualização de registo ou utiliza ou filtrar com a caixa de texto na vista de grelha. Veja página 20 numero 15.
10.) Insira a data do novo compromisso ou lembrete.
11.) Insira a hora do novo compromisso ou lembrete.
12.) Adicionar um texto ao novo compromisso ou lembrete.
13.) Defina o período após o compromisso ou o lembrete deve ser repetido.
14.) Defina o compromisso ou lembrete como Resolvido. Se o período de repetição é preenchido o compromisso ou lembrete é repetido para o próximo período.



Usar o calendário para lembretes 2-7 Página 19

Clique no botão Grelha enquanto estiver na vista de registo para abrir a vista da grelha.

Imagem 9

PTImage9.png



Usar o calendário para lembretes 2-7 Página 20

1.) Abra o registo selecionado enquanto estiver na vista da grelha.
2.) Guarde o registo para um ficheiro.
3.) Adicionar um novo registo enquanto estiver na vista de registo.
4.) Eliminar um registo. Na visualização de grelha, você pode selecionar várias linhas e, em seguida, clicar em eliminar, para eliminar as linhas selecionadas.
5.) Abra a vista de registo enquanto estiver na vista da grelha.
6.) Filtro para a célula selecionada.
7.) Excluir a célula selecionada.
8.) Remova qualquer filtro.
9.) Use o filtro de texto. Ver também número 15.).
15.) Selecione uma coluna, digite um filtro e pressione enter. Os curingas são usados automaticamente no final do filtro; Você também pode digitar curingas na frente do filtro. Você pode usar sinais menores "<", maiores ">" e iguais "=" para uma data. Filtros são adicionados ao filtro existente até remover filtro é clicado.
16.) Visão geral de todos os compromissos e lembretes.
17.) Clique na caixa de selecção na grelha para resolver um compromisso ou lembrete.



Administradores 2-8 Página 21

O primeiro administrador pode apenas ser mudado, mas não pode ser eliminado após ser criado. Qualquer administrador que seja acrescentado depois não terá permissão para alterar ou modificar o primeiro administrador. A palavra passe do primeiro administrador será usada para encriptar os ficheiros dos utilizadores em todas as outras aplicações. Se a palavra passe for alterada, é aconselhável lembrar-se da sua senha antiga caso tenha ainda ficheiros arquivados que foram criados anteriormente.




Tabela de conteúdos Dcryptis Palavras de Passe (DSPasswords) 3-1 Página 22

Secção Página
Sobre a aplicação 3-2 22
Adicionar e alterar palavras passe 3-3 23-25




Sobre a aplicação

Esta aplicação utiliza encriptação muito elevada para proteger as suas palavras passe. Além disso, com uma caixa de texto especial as palavras passe e as combinações de teclas não são mostradas na memoria. Cada utilizador pode criar o seu próprio ficheiro de palavras de passe.




Adicionar e alterar palavras passe 3-3 Página 23

Esta é a primeira janela que verá quando abrir esta aplicação. Após os registos terem sido adicionados e guardados, os botões serão activados.

Imagem 10

PTImage10.png

1.) Clique neste botão para abrir uma base de dados de palavras passe.
2.) Clique neste botão para guardar o ficheiro.
3.) Clique neste botão para adicionar uma nova palavra passe.
4.) Clique neste botão para eliminar uma palavra passe.
5.) Clique neste botão para editar uma palavra passe.
6.) Clique neste botão para criar uma palavra passe automatico.
7.) Clique neste botão para abrir uma visão geral de todas as palavras passe. Clicar duas vezes numa linha abre a palavra passe seleccionada na vista de registo.
8.) Clique neste botão para exportar o ficheiro de palavras passe para um ficheiro Xml que não esteja encriptado. Esta opção pode ser utilizada para mover ou usar o seu ficheiro noutros programas. Lembre-se que este ficheiro não está protegido e deve portanto ser eliminado ou guardado numa localização segura quando não for mais necessário.



Adicionar e editar palavras passe 3-3 Página 24

9.) Outra opção para abrir um registo é selecionar a descrição da palavra passe da lista de caixa de combinação e carregar enter.
10.) Digite uma descrição para o seu registo de palavra de passe.
11.) Se a palavra passe é para um acesso a uma página web, você pode entrar aqui o seu nome de utilizador apresentado.
12.) Esta é a caixa de texto especial para digitar ou decifrar palavras passe. Consulte o botão 16 para mais informações.
13.) Se a palavra passe é para um acesso a uma página web, você pode entrar aqui o seu email apresentado.
14.) Se a palavra passe é para um acesso a uma página web, você pode entrar aqui o endereço da página. If the Password record is for a site access, you can enter the related website. Ao clicar em um link válido abre o site.
15.) Adicionar uma nota ao seu registo. Se uma palavra passe muda, a palavra passe antigo é copiado para anotações em texto claro.
16.) Primeira vez clicando no botão mostra a plavra passe de uma forma segura, sem revelar o conteúdo para a memória e muda o texto do botão de "Mostrar como texto". Ao clicar no botão neste estado novamente, mostra a palavra de passe como um texto normal que pode então ser copiado. Esta opção só devia ser usado para palavras passes com menos importancia. Palavra passe importantes, como a de banco ou outros acessos ,deviam ser digitado directamente no site de uma forma segura, com um teclado virtual, por exemplo.



Adicionar e editar palavras passe 3-4 Página 25

Abra a vista da grelha, clicando no botão grelha, na barra de ferramentas. Veja a imagem 10 botão 7.

Imagem 11

PTImage11.png

1.) Clique neste botão para abrir o ficheiro de palavras passe.
2.) Clique neste botão para guardar o ficheiro.
3.) Clique neste botão para voltar ao vista de registo e adicionar uma nova palavra passe.
4.) Clique neste botão para eliminar uma ou mais linhas selecionadas na vista de grelha.
5.) Clique neste botão para voltar ao vista de registo e editar a palavra passe selecionada.
6.) Clique neste botão para criar uma palavra passe automatico.
7.) Clique neste botão para voltar ao vista de registo.
8.) Clique neste botão para exportar o ficheiro de palavras passe para um ficheiro Xml que não esteja encriptado.
9.) O modo grelha mostra uma visão geral de todas as senhas. Clicar duas vezes numa linha em da grelha abre o registo selecionado na vista de registo.



Tabela de conteudos Dcryptis Gestão e Facturação (DSInvoices) 4-1 Página 26

Secção Página
Sobre a aplicação 4-2 27
Janela principal e selecções 4-3 28-31
Como começar 4-4 32-34
Adicionar e editar informações de origem 4-5 35-36
Adicionar informações da empresa 4-6 37
Adicionar e editar impostos 4-7 38-39
Adicionar e editar séries de documentos 4-8 40
Adicionar e editar armazéns 4-9 41
Adicionar e editar clientes 4-10 42-48
Adicionar e editar fornecedores 4-11 49
Adicionar e editar produtos 4-12 50-56
Gestão de preços 4-13 57-64
Adicionar e editar contactos 4-14 65-67
Adicionar e editar functionarios 4-15 68-70
Alterar as opções da aplicação 4-16 71-84
Criação de inventario 4-17 86-88
Criação de documentos de cliente 4-17 89-97
Criação de documentos de fornecedor 4-18 98-99
Criação de documentos internos 4-19 100-103
Transformar documentos 4-20 104-106
Saldos, pagamentos e recibos 4-21 107-111
Moedas 4-22 112
Vista de dados original 4-23 113
Estatisticas 4-24 114
Atalhos 4-25 115
Texto armazenado 4-26 116
Visualizador de relatórios 4-27 117
Visão geral do menu 4-28 118-128
Extensão Produção 5-1 129-131
Extensão Contas 6-1 132-137
Extensão Encomendas automaticas 7-1 138-139
Menus de contexto 8-1 140-145
Exportações de Ficheiros SAF-T 1.04.01 9-1 146-147
Adição e edição de relatórios 10-1 148-155
Apêndice 11-1 156
Auto Facturas 11-2 157



Sobre a aplicação 4-2 Página 27

Esta aplicação utiliza bases de dados xml de maneira a proporcionar ao utilizador uma forma mais independente de gerir os dados numa aplicação comercial. Os dados são transferidos para a aplicação no início ou na abertura de uma base de dados. As bases de dados são criptadas e não podem ser alteradas fora da aplicação. Ainda assim, é possivel exportar bases de dados para ficheiros que não estejam criptados para o fim de migração ou leitura de dados noutras aplicações. O Microsoft Access tem uma função muito simples que permite criar uma base de dados a partir do conteúdo de um ficheiro xml. O Microsoft Excel também tem esta opção, mas requer a instalação de certos add-ons. Este manual vai explicar as regras da aplicação de maneira a que o utilizador possa entender o porquê de certos dados serem mudados após serem introduzidos novos valores.

Criamos três tipos diferentes de bases de dados.
1.) Uma base de dados sem restrições para importar dados ou executar testes. Para criar documentos válidos, a base de dados tem ser registado primeiro.
2.) Uma base de dados restrito que só pode ser aberto pelos utilizadores registados.
3.) Uma base de dados de armazenamento criado a partir de um banco de dados restrito depois de terminar um período.
Veja página 80, secção 4-16, Gestão de base de dados.

De maneira a criar documentos rapida e eficazmente, precisamos dos dados em primeiro lugar. Se fornecer todos os dados necessários à aplicação e definir os valores que irá utilizar com mais frequência, não será necessário muita manipulação da parte do utilizador para criar um documento. Por exemplo: se não for encontrado nenhum preço para o produto selecionado, o utilizador é informado e é lhe pedido para introduzir um preço manualmente (se o utilizador em questão tiver o direito de o fazer), e isto pode produzir mais erros e irregularidades no documento. Similar ao primeiro exemplo: Se introduzir sempre um desconto fixo para um cliente no documento é possível que se esqueça disto uma vez e terá trabalho extra ao corrigir o documento mais tarde. Por isso é mais aconselhável deixar a aplicação encontrar e associar os valores correctos que o utilizador definiu no início. Todas as condições acordadas vão então aparecer no documento e assim o utilizador terá o mínimo de trabalho possível a criar documentos. Além de utilizarmos dados pré-definidos, criámos uma forma conveniente para o utilizador encontrar e filtrar os seus registos. Veja a secção 4-3. Janela principal e selecções.Outras ferramentas encontram-se à sua disposição para alterar rapidamente os preços, criar listas de taxas de reciclagem, adicionar lotes para produtos e muito mais a descobrir mais para a frente neste manual. Temos centenas de dicas de controles para ajudá-lo, passe com o rato por cima das caixas de texto, caixas de combinação, botões e outros controles para ver a sua descrição.




Janela principal e selecções 4-3 Página 28

Antes de começar a importar ou introduzir dados, é importante conhecer a janela principal e as sub janelas de selecção.

Imagem 12

PTImage12.png

Esta janela deverá abrir no canto superior direito. Pode redimensionar esta janela ou alterar o tamanho do texto. Para redimensionar qualquer janela nesta aplicação, basta passar com o rato nas laterais da janela e arraste a janela até alcançar a dimensão desejada. Quando o tamanho do texto numa janela é alterada, todas as outras janelas vão aplicar o mesmo tamanho que escolheu, com a excepção das janelas de selecção, pois estas têm tamanhos de texto individuais.

A largura da janela não deve exceder dois terços do ecrã, pois será necessários algum espaço para as janelas de selecção.

Clicar nos botões, abre painéis que funcionam como menus, excepto o botão de filtro de data, que mostra o filtro de data principal.




Janela principal e selecções 4-3 Página 29

Imagem 13

PTImage13.png

1.) Mostra uma etiqueta após o actual utilizador ter sido alterado temporariamente. Pode alterar temporariamente o utilizador com um atalho (Predefinido Alt + 3). Para repor o utilizador clique no botão redondo n°. 3 com o botão direito do rato. Pode visualizar ou mudar atalhos abrindo o painel de ferramentas e clicando em “atalhos”.
2.) Mostra a caixa de texto da data de início e a data de fim. Clique no botão 13 com o botão esquerdo do rato para mostrar o filtro. Clique no botão 13 novamente para ocultar o filtro. Se um filtro foi definido, o ícone do botão correspondente é alterado e um filtro é adicionado, como pode ver na imagem 13 marcado pelo círculo vermelho. Clique em qualquer botão que tenha um símbolo de filtro com o botão direito do rato para remover este filtro.
3.) Abre a janela suspensa onde pode criar uma nova base de dados, abrir uma base de dados existente, guardar uma base de dados, consultar as opções de importação, criar cópias de segurança e aceder às opções da aplicação.
4.) Abre o painel de início.
5.) Abre o painel do cliente.
6.) Abre o painel do fornecedor.
7.) Abre o painel de produto.
8.) Abre o painel de localização.
9.) Abre o painel de armazém.
10.) Abre o painel de documentos.
11.) Abre o painel de estatísticas.
12.) Abre o painel de ferramentas.
13.) Mostra ou oculta o filtro de data se clicar com o botão esquerdo do rato. Retire o filtro clicando no botão com o botão direito do rato.
14.) Mostra o logotipo da empresa. Pode substituir o logotipo nas opções com o seu próprio. Clique com o botão esquerdo do rato sobre o logotipo para mostrar o ambiente de trabalho.



Janela principal e selecções 4-3 Página 30

Imagem 14

PTImage14.png



Janela principal e selecções 4-3 Página 31

Imagem 15

PTImage15.png

Se redimensionar uma janela de selecção, todas as outras janelas de selecção abertas no momento irão adaptar o mesmo tamanho. Se aumentar a altura, os botões de comutação vão aparecer, como pode ver na imagem 15. Também pode mudar o modo de busca no menu de contexto. Clique com o botão direito do rato uma janela de selecção e clique no modo que deseja usar no menu de contexto. Veja página 141, botões 6 - 9.

Todas as janelas de selecção contêm três caixas de combinação e uma caixa de texto. Pode alternar entre os controles com os botões ou com o menu de contexto. O menu de contexto abre se clicar na janela com o botão direito do rato. Nas primeiras caixas de combinação, pode selecionar através do Id. Nas segundas caixas de combinação, pode selecionar através do código. Nas terceiras caixas de combinação, pode selecionar através do nome. Na caixa de texto, a quarta opção, pode procurar qualquer coisa. Depois de qualquer controle ter sido preenchido, clique no botão OK. Se forem encontrados vários registos, abrir-se-á uma grelha com o resultado. Clique em qualquer linha na grelha para abrir esse registo. Se for encontrado apenas um único resultado, o registo é aberto.

Se o botão OK estiver clicado e a caixa de texto estiver vazia, todos os registos serão exibidos em grelha.

Se algo tiver sido inserido na caixa de texto, e se vários registos forem encontrados, abre uma grelha com o resultado. Se um único resultado é encontrado o registo é aberto.




Como começar 4-4 Página 32

Como mencionado na introdução, precisamos primeiro de dados. Há duas maneiras de criar um base de dados inicial.

1.) Carregando um modelo e inserindo dados com as ferramentas fornecidas pela aplicação. Se você começar um novo negócio ou tiver apenas alguns registos como clientes, fornecedores ou produtos em sua última aplicação, esta seria a maneira correcta de começar e você deve continuar a ler a secção 4-5. Adicionar e editar informações de origem. Veja página 35.

2.) Carregando um modelo e importando dados de outra aplicação. Se você tem um negócio em execução com muitos registos, você deseja migrar seus dados de forma rápida, fácil e segura, sem a necessidade de verificar os dados importados na nova aplicação. Para unificar essa importação, criamos modelos excel com o nome e informações de dados das colunas. Você pode importar clientes, fornecedores, produtos, contactos, países, cidades e regiões. Não é possível importar documentos. Algumas aplicações estão a utilizar um ficheiro de auditoria para importar dados Mas este tipo de arquivos contém poucos dados, estes documentos são criados para fins fiscais, não para a migração de dados. Se você não tiver uma fonte melhor, é melhor ainda que digitar tudo manualmente. Clientes, fornecedores e produtos podem ser importados somente em tabelas vazias! Contactos, países, cidades e regiões podem ser importados quantas vezes forem necessárias. Clientes, fornecedores e produtos estão usando mais de uma folha no arquivo excel. O nome das folhas devem ser Sheet1, Sheet2, Sheet3 dependendo de quantas folhas são usadas no modelo. Clientes e fornecedores estão usando duas folhas, a primeira para informações gerais e a segunda para informações de contactos. O Id da primeira folha deve coincidir com o Id na segundo folha. A ordem das linhas não é relevante. Os produtos estão usando 3 folhas, a primeira para informações gerais, a segunda para informações técnicas e a terceira para os preços. O Id da primeira folha deve coincidir com o Id na segunda e terceira folha. A ordem das linhas não é relevante. Nem todos os produtos devem ter preços ou dados técnicos. Se o produto não tiver dados técnicos como um serviço, por exemplo, o Id da folha1 não deve aparecer na folha2. Se o preço de um produto for zero, não é necessário criar um preço em zero e o ID de folha1 não deve aparecer na folha3. Além dos modelos excel para seus dados, também incluímos modelos excel com dados de amostra. Você pode importar esses dados de amostra primeiro, para entender o processo.




Como começar 4-4 Página 33

1° passo: Começar a importer clientes. Copiar dados do access ou importar dados para o excel a partir de outras fontes.

2° passo: Cortar e colar as colunas neste novo excel na mesma ordem como é mostrado no modelo. Criar a nova coluna na ordem correta em primeiro lugar, e, em seguida, cortar uma coluna e colá-la na nova coluna. Se alguns dados não estiver disponível na sua aplicação anterior, introduza o valor de base nessas células. Se o valor de base no modelo estiver vazio, pode deixar as células em branco. Este método não é automatizado e o utilizador terá algum trabalho ao copiar todos os dados. Por outro lado, é fácil de entender e vai funcionar tanto para 500, como para 50000 registos.

Imagem 16

PTImage16.png

A primeira linha é o tipo de informação de dados e deve ser eliminada antes de tentar fazer uma importação. A segunda linha é o cabeçalho. Os nomes e a ordem das colunas não podem mudar! As colunas em azul contêm valores, que serão importados para separar tabelas. A terceira linha é um exemplo e deve ser substituída com os seus dados.

Imagem 17

PTImage17.png

Quando tudo estiver configurado correctamente, elimine a primeira linha e guarde o seu ficheiro com um novo nome.




Como começar 4-4 Página 34

3° passo: Abra Dcryptis Gestão e Facturação, clique na esfera (o botão redondo do lado esquerdo ), clique em Importar e clique em clientes de importação no painel do lado direito da janela suspensa. Um diálogo de procura aparece onde deve selecionar o novo arquivo Excel criado. Após a importação, irá aparecer uma mensagem com o resultado.

Possíveis erros: Se uma folha de excel tem linhas adicionais, sem dados, apague este linhas em primeiro lugar. O tipo e comprimento dos dados deve corresponder à descrição, como está escrito no modelo da primeira linha. No Id das diversas folhas, os números devem corresponder. O Id da Folha1 pode, mas não é fundamental que apareça na Folha2 ou Folha3. Por outro lado todos os Id da Folha2 ou Folha3 devem aparecer na Folha1. Se conseguir importar clientes sem ocorrer erros sabe que o seu arquivo excel funciona.

4° passo: Abra uma nova base de dados e tente importar os fornecedores da mesma forma que importou os seus clientes. Se conseguiu importar os Fornecedores sem problema, repita este passo para a importação de produtos e contactos. Se conseguir importar todos os arquivos do Excel, é-lhe possível recriar a sua base de dados inicial. Países, cidades e regiões são criadas através da importação de clientes, fornecedores e produtos. Importar esses modelos integralmente ou alterado é totalmente opcional, mas normalmente não é necessário.

Importante: Para importar dados com sucesso do MS Excel, sua configuração de números e data deve corresponder à cultura de formato selecionada na janela do painel de controle/regiões. Lá, você também pode redefinir a configuração com um botão, se não tiver certeza.




Adicionar e editar informações de origem 4-5 Página 35

Existem muitas tabelas de origem na aplicação e vamos apresentar um exemplo só para as fontes comuns e uma explicação mais detalhada para as tabelas de origem especiais.

Nota: Os informações de fonte são usado em toda a base de dados. Os registos em uso só devem ser alterados se uma correção for necessária, uma vez que os registos relacionados também mudarão. Os registos em uso não podem ser eliminado!

A imagem 18, por exemplo, mostra a janela dos países. Clique localizações na janela principal -> clique em países no painel das localizações.

Imagem 18

PTImage18.png



Adicionar e editar informações de origem 4-5 Página 36

1.) Abre o registo que se aplica.
2.) Guarda a tabela actual.
3.) Elimina o registo actual, se o registo não for utilizado.
4.) Define o filtro pela célula seleccionada na grelha.
5.) Define o filtro para excluir o valor selecionado na célula.
6.) Remove todos os filtros.
7.) Define o filtro de texto.
8.) Mostra um botão de actualização.
9.) Seleccione uma colune, escreva um filtro e clique entrar ou clique no botão do filtro de texto para aplicar este filtro.
10.) A grelha mostra os registos. Nas tabelas de origem todas as informações devem ser preenchidas. Todos os países da Imagem 8 devem ter Membro da UE definido como verdadeiro, com excepção do registo ID 5.



Adicionar informações da empresa 4-6 Página 37

A imagem 19 mostra a janela de informação da empresa. Vá ao menu principal -> clique informações da empresa no menu principal.

Imagem 19

PTImage19.png

Todos os campos marcados com um asterisco têm ser preenchidos para habilitar a criação de documentos. Você também deve preencher todos os outros campos se eles se aplicam, porque você não pode alterar o registo, uma vez que você criou o seu primeiro documento. O objectivo desta restrição é manter inalterados os documentos já criados. Se você precisar alterar algumas informações da empresa, basta criar um novo registo. Para simplificar a entrada do novo registo, uma cópia do registo existente é criada com um novo ID. Você poderá alterar esse registo até que você crie um novo documento. A empresa actual é sempre o último registo na lista, mesmo se o registo estiver incompleto. Nesse caso, você não pode criar documentos, antes de todas as informações necessárias estão presentes. Se clicar o botão Etiqueta, será aberta uma janela com o nome e o endereço da empresa numa caixa de texto, que pode ser copiado em bloco.




Adicionar e editar impostos 4-7 Página 38

A imagem 20 mostra a janela de imposto. Vá ao menu principal -> clique impostos.

Imagem 20

PTImage20.png

1.) Botão 1 abre o registo se o modo grelha estiver visível.
2.) Botão 2 guarda a tabela actual.
3.) Botão 3 cria um novo registo de imposto.
4.) Botão 4 elimina o actual registo se este não estiver a ser utilizado.
5.) Botão 5 mostra o modo grelha de todos os registos da tabela de imposto.
6.) Botão 6 move o registo para a primeira posição no modo registo. Se o modo grelha estiver activo, os botões 6 a 9 mostram os botões de filtro.
7.) Botão 7 move o registo para a posição precedente no modo registo. Se record to the previous position in record view. Se o modo grelha estiver activo, os botões 6 a 9 mostram os botões de filtro.
8.) Botão 8 move o registo para a posição seguinte no modo registo. Se o modo grelha estiver activo, os botões 6 a 9 mostram os botões de filtro.
9.) Botão 9 move o registo para a última posição no modo registo. Se o modo grelha estiver activo, os botões 6 a 9 mostram os botões de filtro.
10.) Escreva aqui o nome do imposto.
11.) Defina a percentagem do imposto. Se quiser definir o valor do imposto, introduza o valor 0 neste campo.
12.) Introduza o valor 0, se uma percentagem do imposto for usada. Se quiser usar um valor aqui, a percentagem de imposto deve estar a zero.



Adicionar e editar impostos 4-7 Página 39

13.) Seleccione um código de imposto da lista.
14.) Escolha o tipo de imposto da lista. Você pode adicionar novos tipos de impostos clicando no botão à direita.
15.) Ajuste a região do país fiscal. Para as ilhas portuguesas, é utilizado um duplo ISO com um hífen para separar. Exemplo: PT-AC para os Açores. É possível criar percentagens fiscais diferentes para outras regiões.
16.) Defina a data de vencimento do imposto. Se não conhecer a data de expiração, defina a data para o último dia do ano em curso.
17.) Active a caixa de verificação se o imposto selecionado for o correcto.
18.) Mostra se o imposto é válido, esta caixa de verificação encontra-se sempre desactivada.
19.) Clique no botão validar para validar todos os impostos. No modo grelha pode ver os impostos que foram ou não validados.
20.) Em Portugal, os impostos mudam com frequência. Especialmente a percentagem de Iva é muitas vezes alterada. Isso cria trabalho extra às empressas pois é necessário actualizar os registos. Com isto em mente, criamos a função Actualização de Imposto sobre Produtos. Em vez de alterar um registo fiscal, o que não seria possível de fazer, se o registo já foi utilizado, criamos um novo registo com o mesmo tipo de imposto, mas com uma nova percentagem ou novo valor do imposto. Ao clicar no botão Actualização Imposto, todos os produtos com impostos inválidos são atualizados para seu novo imposto validado. No final, você será informado quantos registos foram atualizados. Este processo pode ser repetido para frente e para trás. Basta verificar a caixa de seleção actual de todos os impostos que você deseja usar e confirmar que esses impostos são válidos clicando no botão Validar. Um tipo de imposto só pode aparecer uma vez por região fiscal. Poderia haver dois impostos para o valor máximo do IVA , mas não na mesma região fiscal. Ao clicar no botão, todos os impostos invalidados são actualizados para a sua nova identidade fiscal.
21.) A etiqueta de registo mostra a quantidade de registos na tabela selecionada.



Adicionar e editar séries de documentos 4-8 Página 40

A Imagem 21 mostra a janela de série. Clique documentos na janela principal -> clique series no painel de documento.

Imagem 21

PTImage21.png

Já explicamos como funcionam os botões da barra de ferramentas.

1.) Digite um nome para a série com um máximo de 10 dígitos.
2.) Digite um nome para o document com o máximo de 30 dígitos.
3.) Selecccione um tipo de document a partir da lista.
4.) Defina o registo como predefinido, se o registo for o mais usado. Cada tipo de documento diferente pode ter a sua predifinição registada.
5.) Se você precisar inserir um documento criado manualmente ou se você precisar recuperar um documento que foi perdido, você deve criar uma nova série com o mesmo tipo do documento original. Marque a caixa de selecção para marcar a série como uma série de recuperação.
6.) No caso de restaurar uma cópia de segurança ou terminar um período, todas as séries usadas serão definidas para descontinuado. Se marcada, essa série não aparecerá mais como uma possível selecção, na criação de um novo documento. A caixa de opções descontinuada é somente leitura.



Adicionar e editar armazéns 4-9 Página 41

A imagem 22 mostra a janela do armazém. Clique Armazém na janela principal -> clique Armazém no painel de armazém.

Imagem 22

PTImage22.png

Já explicamos como funcionam os botões da barra de ferramentas.

1.) Digite um nome para armazém com um máximo de 30 dígitos. Se deixar este campo em branco, será produzido um nome automático.
2.) Digite a morada.
3.) Digite o código postal e seleccione o distrito.
4.) Seleccione a região.
5.) Seleccione o país.
6.) Digite um número de telephone com o máximo de 20 dígitos.
7.) Digite um número de telephone com o máximo de 20 dígitos.
8.) Digite um número de telephone com o máximo de 20 dígitos.
9.) Digite um endereço email com o máximo de 60 dígitos.
10.) Digite a localização GPS.
11.) Defina o armazém como o armazém Predefinido. Apenas um armazém pode ser definido como predefinido.
12.) Definir o armazém para Descontinuado, e ele não aparecerá como uma escolha em documentos.



Adicionar e editar clientes 4-10 Página 42

A imagem 23 mostra a janela dos clientes. Clique clientes na janela principal -> clique clientes no painel de cliente.

Imagem 23

PTImage23.png

Já explicamos como funcionam os botões da barra de ferramentas.

A.) Clique clientes na janela principal -> clique em clientes no painel do cliente. Isto abrirá a janela do cliente estando desativado. Clique no botão Novo na barra de ferramentas do cliente, para criar um novo cliente.
B.) Pode clicar no botão OK na janela de selecção do cliente depois de selecionar um registo. Se existirem vários registos que correspondem aos critérios de busca, o modo grelha abre com uma lista de todos os registos. Se clicar duas vezes sobre uma linha na lista, abre o registo do cliente.
C.) A partir do painel do cliente, pode abrir uma visão geral de todos os clientes e pode filtrar a visão geral do cliente com os botões ou as cadeias de filtro. Se clicar duas vezes sobre uma linha na lista, abre o registo do cliente.
D.) Você pode clicar no botão Clientes no painel de clientes. Se nenhum cliente estiver selecionado, a janela será aberta com um registo vazio.



Adicionar e editar clientes 4-10 Página 43

1.) Abre as janelas de selecção do cliente.
2.) Guarda as tabelas dos clientes.
3.) Cria um novo registo. Imediatamente após clicar no botão, a caixa de texto para a identidade ficará verde e permitirá que o utilizador escolha um ID para o novo registo. O novo ID deve ser exclusivo na tabela de clientes senão a caixa de texto reinicia. Se deixar a caixa de texto, o Id não poderá mudar mais.
4.) Apaga o registo. Apenas registos que não estão a ser utilizados na base de dados actual podem ser eliminados. (veja secção 4-16 manutenção da base de dados)
5.) Para usar esta função, deve ter um email padrão instalado no seu computador. Enviar um e-mail para um ou mais contactos. Antes de clicar neste botão, seleccione uma ou mais linhas no modo grelha dos contactos nr. 15, que contém endereços email válidos. Os endereços email serão adicionados à BCC enviar o endereço do seu cliente de email.
6.) Duplicar o cliente selecionado. Uma cópia do cliente selecionado será criado com um novo Id. Isto é útil caso o cliente mude a sua localização, mas prefere criar um novo registo em vez de alterar o anterior. É também útil para criar um novo cliente, que terá as mesmas condições como o que estiver selecionado.
7.) Abra seu navegador padrão com os mapas do Google.
8.) Mostra uma janela com uma caixa de texto onde pode copiar o nome e o endereço dos seus clientes em bloco.
9.) Mostra o painel de detalhes do cliente. Veja a imagem 24.
10.) Mostra o painel de notas do cliente. Veja a imagem 25.
11.) Mostra as endereços de envio do cliente. Veja a imagem 26. Adicionar um novo endereço de envio para guardar, se o endereço for diferente do endereço principal.
12.) Mostra o painel de informações do cliente. Veja a imagem 27.
13.) Painel de endereço do cliente.
14.) Painel de detalhes do cliente.
15.) Contactos do cliente em vista de grelha. Pode adicionar quantos contactos que desejar. Defina a caixa de selecção Circular nos contactos dos clientes para todos os contactos, você deseja incluir na circular. A caixa de selecção Circular não mostra na imagem 23.



Adicionar e editar clientes 4-10 Página 44

A Imagem 24 mostra o painel de detalhes do cliente.

Imagem 24

PTImage24.png

A explicação dos controles estão listados na mesma ordem como na Imagem 24, da esquerda para a direita.

1.) Digite o número do fornecedor que é usado pelo seu cliente, para identificar a sua empresa como seu fornecedor.
2.) Digite o número da secção que lhe é dado pelo seou cliente.
3.) Selecione um ramo da lista.
4.) Selecione um idioma na lista.
5.) Selecione uma moeda da lista.
6.) Selecione um assentamento da lista.
7.) Selecione uma linha de preço da lista.
8.) Digite um limite de crédito para este cliente. Este campo é acionado em documentos se todos os documentos abertos (não pagos, excederem o limite de crédito.
9.) Digite as informações da conta bancária (BIC / Swift) do cliente.
10.) Digite as informações da conta bancária (número IBAN) do cliente.
11.) Clique aqui se o cliente selecionado já não se encontrar activo, mas que não pode ainda ser excluído. Se marcada, este cliente já não aparecerá na lista de clientes.
12.) Clique aqui se o cliente selecionado pode criar auto facturas em seu nome. Consulte a secção de auto factura.
13.) Clique aqui se o cliente selecionado dispõe deste regime especial.



Adicionar e editar clientes 4-10 Página 45

14.) Clique aqui se o cliente selecionado importa produtos do seu país. Se o país do cliente não for o mesmo que o país da empresa e esta caixa estiver clicada, os documentos serão criados sem um imposto sobre o valor.
15.) Introduza um desconto que vai aparecer nos documentos.
16.) Introduza um segundo desconto que irá aparecer nos documentos. O segundo desconto é calculado após o primeiro desconto ter sido aplicado.
17.) Introduza um desconto financeiro que irá aparecer nos documentos.
18.) O ID da conta para sistemas integrados.
19.) Seleccione o tipo de imposto retido na fonte a partir da lista.
20.) Insira uma percentagem de imposto para quaisquer retenções. Apenas com o serviço do tipo de produto, pode ser criada uma retenção na fonte. Além disso, o tipo de imposto retido na fonte e a percentagem de retenção na fonte devem ser preenchidos, para ser possível verificar a retenção na fonte numa factura.



Adicionar e editar clientes 4-10 Página 46

A imagem 25 mostra o painel de informações e descontos do cliente.

Imagem 25

PTImage25.png

A explicação dos controles estão listados na mesma ordem como na Imagem 25.

1.) Introduza o dia de descanso deste cliente.
2.) Introduza o horário de funcionamento do cliente.
3.) Introduza o último contacto do cliente.
4.) Introduza o próximo contacto do cliente.
5.) Digite um custo de transporte adicional para este cliente (O custo para entregar produtos do seu armazém para o armazém do cliente).
6.) Os campos 6 - 11 são descontos acordados e debitados normalmente pelo cliente após um determinado período de tempo.
12.) Escolha um/a responsável de vendas da lista. O/a responsável de vendas é selecionado/a a partir da tabela dos funcionários.



Adicionar e editar clientes 4-10 Página 47

A imagem 26 mostra o painel de expedição do cliente.

Imagem 26

PTImage26.png

Apenas adicione um novo endereço para gravar se este for diferente do endereço principal! Se existir mais de um endereço de expedição, pode definir um endereço que seja usado mais frequentemente como endereço predefinido.




Adicionar e editar clientes 4-10 Página 48

A imagem 27 mostra o painel de notas do cliente.

Imagem 27

PTImage27.png

A explicação dos controles estão listados na mesma ordem como na Imagem 27.

1.) Adicionar notas de documentos. Estas notas aparecerão como janelas pop-up como lembretes, se criar um documento para este cliente.
2.) Introduza outras notas.
3.) Mostra o último número e série do cliente.
4.) Localização GPS longitude.
5.) Localização GPS latitude.
6.) Digite um texto relacionado a este cliente. Os rótulos para estes controles podem ser alterados no painel de ferramentas/alterar o texto do utilizador.
9.) O mesmo que o texto do utilizador, mas com o tipo decimal.



Adicionar e editar fornecedores 4-11 Página 49

Clique fornecedores na janela principal -> clique em fornecedores no painel de fornecedor.

A janela do fornecedor é muito semelhante à janela do cliente. Pode aceder aos fornecedores a partir da janela de selecção de fornecedores ou a partir do modo grelha, tal como para os clientes.

Algumas diferenças são de mencionar.

No painel de detalhes do fornecedor:
1.) O número do cliente é o número usado pelo fornecedor, para identificar a sua empresa como seu cliente.
2.) A secção para os fornecedores não existe.
3.) O limite de crédito não existe.
4.) Verifique o tipo de serviço se este fornecedor faz serviços para a sua empresa.
5.) Marque a caixa de verificação auto fatura se desejar criar auto facturas em nome do fornecedor selecionado.
6.) Selecione o tipo de imposto do fornecedor antes de criar auto facturas de. Veja página 157.
Na barra de ferramentas:
7.) O botão Expediar para em clientes é aqui o botão Expediar de. O endereço a introduzir no painel de envio do fornecedor é a localização de onde os produtos são enviados.
8.) Os fornecedores não têm o painel de Informação.



Adicionar e editar produtos 4-12 Página 50

A imagem 28 mostra o painel de notas do cliente. Clique produtos na janela principal -> clique em produtos no painel de produtos.

Imagem 28

PTImage28.png

Existem várias maneiras de abrir o registo do produto.

A.) Clique produtos na janela principal -> clique em produtos no painel do produto. Isto abrirá a janela do produto em estado desactivado. Clique no botão “novo” na barra de ferramentas produtos, para criar um novo produto.
B.) Pode clicar no botão OK na janela de selecção do produto depois de seleccionar um registo. Se existirem vários registo que correspondem aos critérios de busca, o modo grelha abre com uma lista de todos os registos. Clique duas vezes sobre uma linha na lista para abrir o registo do produto que pretende seleccionar.
C.) Pode abrir uma vista geral do produto sobre a partir do painel do produto. Pode filtrar a visão geral do produto com botões de filtro ou cadeias de filtro. Clicando duas vezes sobre uma linha na lista, abre o registo do produto. Digite uma descrição e selecione um trecho, da marca e da família a partir das listas. Digite a referência do fornecedor, usual a identificação do produto que o fornecedor utiliza. Os códigos de barras são opcionais. Indique as unidades por pacote. Se o produto não tiver unidades insira 1.



Adicionar e editar produtos 4-12 Página 51

1.) Abre a janela de selecção do produto. Veja página 31 selecções.
2.) Guarda as tabelas dos produtos.
3.) Cria um novo registo. Imediatamente após clicar no botão, a caixa de texto para a identificação ficará verde e permitirá que o utilizador escolha um ID para o novo registo. O novo ID deve ser exclusivo na tabela de produtos ou esta será reiniciada. Se sair da caixa de texto do Id não poderá alterar mais o numero.
4.) Apaga o registo. Apenas o registo que não tenha sido utilizado na base de dados actual pode ser eliminado.
(Veja página 80, secção 4-16 gestão da base de dados).
5.) Mostra a janela de quantidade de produtos.
6.) Duplica o produto selecionado. Uma cópia do produto selecionado sera criado com um novo ID. Isto é útil se quiser criar um produto semelhante sem ter que digitar tudo novamente.
7.) Abre um painel de relatório onde pode seleccionar um relatório para os seus rótulos de produtos.
8.) Mostra os detalhes do produto.
9.) Mostra o painel de preço do produto. Veja a imagem 29.
10.) Mostra o painel de informações do produto. Veja a imagem 30.
11.) Mostra a janela de dados técnicos de produtos. Veja a imagem 31.
12.) Quantidade mínima a manter em stock.
13.) A quantidade máxima a manter em stock. As quantidades mínimas e máximas são também utilizadas na Auto order plug-in.
14.) Escolha um imposto da lista.
15.) Selecione um tipo de produto na lista.
16.) Selecione uma categoria de produto da lista.
17.) Selecione uma medida da lista.
18.) Selecione um lote da lista. Para usar lotes, o número parente 28 tem de estar definido.
19.) Selecione uma linha de preços que contém o preço de fornecedor para este produto. Uma linha de preço deve existir e um preço de fornecedor tem ser criado primeiro, nesta linha de preço.
20.) Seleccione o custo de transporte para obter os produtos no seu armazém. Crie uma medida que melhor lhe convier. Os custos de transporte são introduzidos em relação ao peso. O preço é então calculado com os custos de transporte multiplicados pelo peso.
21.) Escolha um imposto especial, se se aplicar.
22.) Digite qualquer outro custo por unidade para este produto.
23.) Marque a caixa se o produto selecionado não estiver mais em uso, mas não pode ser excluído ainda. Se marcada, este produto já não aparecerá nas listas.



Adicionar e editar produtos 4-12 Página 52

24.) Marque a caixa se o produto mudar de stock. Depois de o produto ter sido utilizado, este controle não poderá mais ser alterado. Se um produto for de tipo de serviço ou do imposto sobre o tipo, a caixa fica automaticamente desmarcada.
25.) Marque a caixa se o produto usar fracções. Após o produto ter sido utilizado, este controle não poderá mais ser alterado.
26.) Marque a caixa se o produto for uma oferta ou publicidade gratuita para os seus produtos. Se verificado e o produto é utilizado num documento, a mensagem preço desaparecida não aparece e o preço por unidade é definido como zero. Não precisa digitar os preços de venda para este tipo de produto.
27.) A identificação do produto parente é usado em lotes. Em vez de usar a identificação do produto que usamos a identificação do produto parente para os lotes. Nós associamos todos os produtos idênticos em pacotes diferentes para a mesma ID do produto parente.
28.) Introduza a moeda na lista, usado para comprar este produto.
29.) Você pode associar um ID fornecedor para este produto. Usar o botão com o ícone de filtro para a direita, para copiar o Id do filtro principal do fornecedor. Usar o botão com o ícone de lupa para a direita, para procurar o Id em uma vista da grelha. Clique duas vezes em uma linha na vista da grelha para copiar o ID da grelha.
30.) Adicione uma ID de isenção imposto, se o imposto do produto estiver definido em zero. Use o botão à direita para selecionar o ID de uma vista de grelha.



Adicionar e editar produtos 4-12 Página 53

Imagem 29 mostra a janela de preços de produtos.

Imagem 29

PTImage29.png

1.) Selecione uma linha de preço da lista. Criar linhas de preço, abrindo o painel produto e clicando o botão linhas de preço.
2.) O Id preço é somente de leitura nesta grelha.
3.) O Id produto é somente de leitura nesta grelha.
4.) O Id da linha de preço é somente de leitura nesta grelha.
5.) Introduzir um preço para a linha de preço selecionado. Os preços na lista de preços estão sempre na moeda do seu país.
6.) Se um aumento de preços já está agendada ou se você quiser aumentar os preços em um determinado momento, digite o novo preço aqui. Este novo preço é usado na gestão de preços ou pode ser assim definido em gestão de preços.
7.) Digite a data para actualizar o produto para o novo preço. Esta data é utilizada na gestão de preço ou pode ser assim definido em gestão de preços.



Adicionar e editar produtos 4-12 Página 54

Imagem 30 mostra a janela de informações de produtos.

Imagem 30

PTImage30.png

1.) Insira um texto na língua nacional, se o produto é um produto estrangeiro que precisa de tradução. Esses campos e os seguintes campos sob nr. 1 a 4 é utilizado nos relatórios rótulo do produto.
2.) Seleciona o país de origem da lista.
3.) Digite ou procure uma imagem que pode ser usada como um logotipo nos relatórios rótulo do produto.
4.) Digite ou procure uma imagem que pode ser usado como um símbolo de reciclagem nos relatórios rótulo do produto, como o símbolo de ponto verde ou outro.
5.) Clique no botão com o ícone da pipeta para abrir um diálogo de cor onde você pode escolher uma cor para a imagem de fundo.
6.) Mostra a imagem do produto, se disponível.
7.) Clique no botão Procurar para selecionar o caminho para a imagem do produto. Você pode tambem digitar o caminho directamente na caixa de texto.



Adicionar e editar produtos 4-12 Página 55

8.) Em texto de utilizador 9, texto com o comprimento de 150 dígitos pode ser inserido. Em numero de utilizador 10 e numero de utilizador 11, um número decimal pode ser inserido. Os rótulos dos campos de utilizador podem ser mudado abrindo o painel de ferramentas e clicando em texto do utilizador. A vista da grelha será aberta onde você pode alterar os nomes de todos os rótulos de texto e numero do utilizador.



Adicionar e editar produtos 4-12 Página 56

Imagem 31 mostra a janela de dados técnicos de produtos.

Imagem 31

PTImage31.png

1.) Controles inactivos são definidas na janela de detalhes do produto.
2.) Digite dimensões e medidas da unidade.
3.) Digite as dimensões e medidas do pacote.
4.) Digite as dimensões e medidas do paleta.
5.) Preencha este painel se o produto deve pagar taxas de reciclagem.



Gestão de preços 4-13 Página 57

Imagem 32 mostra a janela de gestão de preços com o painel de actualização de preços. Caminho: Clique em Extras na janela principal -> clique em gestão de preços no painel Extras.

Imagem 32

PTImage32.png

Com os botões de 1 para 7 no painel do lado esquerdo, você pode alternar a vista do painel do lado direito como você pode ver nas imagens a seguir nesta secção. A vista da grelha de produtos é usado em algumas funções nesta janela como um filtro. Clique produtos na janela principal. -> Clique visão geral produtos no painel de produtos. Filtrar a vista geral para os produtos que você deseja gerenciar. Para ver a grelha dos margens, um cliente tem ser selecionado primeiro.

1.) Mudar para o painel Actualização preços.
2.) Mudar para o painel Actualização de novos preços.
3.) Mudar para o painel Pre-Visualização List.
4.) Mudar para o painel Actualização preços por data.
5.) Mudar para o painel Mostrar margens.
6.) Mudar para a o painel Vista de preços.
7.) Mudar para o painel Eliminar preços.



Gestão de preços 4-13 Página 58

A vista da grelha produtos tem ser aberto primeiro e utilizado como um filtro.

8.) Selecione a linha de preço para actualizar.
9.) Digite um valor percentual.
10.) Marque a opção para adicionar o percentual de caixa de texto 9 ao preço de producto. O preço utilizado para o cálculo pode ser o preço fornecedor actual ou o novo preço de fornecedor. Marque a caixa de selecção 12 para usar o novo preço.
11.) Marque a opção para adicionar o percentual de caixa de texto 9 como margem ao preço de compra de producto. O preço utilizado para o cálculo pode ser o preço fornecedor actual ou o novo preço de fornecedor. Marque a caixa de selecção 12 para usar o novo preço.
12.) Marque a opção para definir o preço de producto usando o novo preço de fornecedor, que deve ser preenchido antes na lista de preços.
13.) Marque a opção para formatar o resultado para os dígitos definidos nas opções e fazer o preço divisível pelas unidades do produto.
14.) Clique no botão Ok, se todas as opções estão definidas.



Gestão de preços 4-13 Página 59

Imagem 33 mostra a janela de gestão de preços com o painel de actualização de novos preços. Caminho: Clique em Extras na janela principal -> clique em gestão de preços no painel Extras. Clique actualizar novos preços no painel esquerda.

Imagem 33

PTImage33.png

A vista da grelha de produtos e utilizado como um filtro e tem ser aberto primeiro.

1.) Selecione a data para o novo preço.
2.) Selecione uma linha de preço para aplicar o novo preço.
3.) Insira um valor de percentagem.
4.) Marque a opção para adicionar a percentagem da caixa de texto 3 ao preço do produto. O preço utilizado para o cálculo pode ser o preço fornecedor actual ou o novo preço de fornecedor. Marque a caixa de selecção 6 para usar o novo preço.
5.) Marque a opção para adicionar o percentual de caixa de texto 3 ao preço de producto. O preço utilizado para o cálculo pode ser o preço fornecedor actual ou o novo preço de fornecedor. Marque a caixa de selecção 6 para usar o novo preço.
6.) Marque a opção para definir o preço de producto usando o novo preço de fornecedor, que deve ser preenchido antes na lista de preços.
7.) Marque a opção para formatar o resultado para os dígitos definidos nas opções e fazer o preço divisível pelas unidades do produto.
8.) Clique no botão Ok, se todas as opções estão definidas.



Gestão de preços 4-13 Página 60

Imagem 34 mostra a janela de gestão de preços com o painel de pre-visualizar lista de preços.

Caminho: Clique em Extras na janela principal -> clique em gestão de preços no painel Extras. Clique pre-visualizar lista de preços no painel esquerda.

Imagem 34

PTImage34.png

A vista da grelha de produtos e utilizado como um filtro e tem ser aberto primeiro.

1.) Clique no botão para mostrar o painel de relatório onde você pode selecionar um relatório.
2.) Selecione uma linha de preços para mostrar em um relatório.
3.) Insira um tipo de preço. Selecione o preço para o preço actual ou selecione novo preço, para visualizar os novos preços.
4.) Digite um cabeçalho com as informações de lista de preços. Por exemplo: nome de clientes ou grupo de clientes, a data de início de um novo preço ou qualquer outra coisa que você deseja ver no cabeçalho de relatórios.



Gestão de preços 4-13 Página 61

Imagem 35 mostra a janela de gestão de preços com o painel de lista de preços agendadas.

Caminho: Clique em Extras na janela principal -> clique em gestão de preços no painel Extras. Clique actualização de preços no painel esquerda.

Imagem 35

PTImage35.png

1.) Clique no botão para actualizar. Novos preços e as novas datas de preços devem ser definidos antes de usar esta função.



Gestão de preços 4-13 Página 62

Imagem 36 mostra a janela de gestão de preços com o painel de margens de preços.

Caminho: Clique em Extras na janela principal -> clique em gestão de preços no painel Extras. Clique mostrar margins no painel esquerda.

Imagem 36

PTImage36.png

A vista da grelha produtos tem ser aberto primeiro e utilizado como um filtro. Um cliente tem ser selecionado primeiro.

1.) Selecione um tipo de preço da lista.
2.) Clique no botão para mostrar uma grelha com as margens. Um cliente tem ser selecionado primeiro.



Gestão de preços 4-13 Página 63

Imagem 37 mostra a janela de gestão de preços com o painel de vista geral de preços.

Caminho: Clique em Extras na janela principal -> clique em gestão de preços no painel Extras. Clique vista de preços no painel esquerda.

Imagem 37

PTImage37.png

1.) Clique no botão para mostrar uma grelha com a visão geral de preços.



Gestão de preços 4-13 Página 64

Imagem 38 mostra a janela de gestão de preços com o painel de preços não utilizados.

Caminho: Clique em Extras na janela principal -> clique em gestão de preços no painel Extras. Clique eliminar preços no painel esquerda.

Imagem 38

PTImage38.png

1.) Clique no botão para eliminar todos os preços não utilizados.



Adicionar e editar contactos 4-14 Página 65

Imagem 39 mostra a janela de contacto na vista de registo.

Caminho: Clique Casa na janela principal -> clique contactos no painel de casa.

Imagem 39

PTImage39.png

1.) Na vista de registos este botão e inactivo. Selecione uma linha na grelha e clique o botão para abrir o registo.
2.) Guardar a tabela de contactos.
3.) Criar um novo registo.
4.) Elimina um registo na vista de registos. Na vista da grelha um ou mais linhas podem ser selecionado. Clique o botão para eliminar os registos selecionados.
5.) Abrir uma vista geral de todos contactos que pode ser filtrado.
6.) Mover para outro registo. Botões 6 - 9 mudará para botões de filtro e a caixa de combinação 13 será alterado para uma caixa de texto de filtro para a vista da grelha.
7.) Mesmo como 6.
8.) Mesmo como 6.
9.) Mesmo como 6.



Adicionar e editar contactos 4-14 Página 66

10.) Para utilizar esta função, tem de ter um cliente de correio predefinido instalado no computador. Envie um e-mail para um contato na vista de registo. Na vista da grelha, você pode selecionar uma ou mais linhas antes de clicar neste botão. Os registos selecionados devem conter endereços de e-mail válidos. Os endereços de e-mail serão adicionados ao endereço de envio bcc do seu cliente de e-mail.
11.) Mostra uma janela com uma caixa de texto onde você pode copiar o nome e o endereço dos contatos em um bloco.
12.) Um contacto selecionado será movido para a tabela de clientes. Isso é útil para se você ganhar um novo cliente a partir de contactos.
13.) Você pode selecionar um contacto na lista do combobox.
14.) Você pode selecionar um valor da caixa de combinação ou você pode digitar algo novo. Após a confirmação, você pode guardar esse novo valor na tabela relacionada. Isso funciona em toda a aplicação para determinadas caixas de combinação. Veja uma dica em deixar o indicador de rato acima de controlo, por um momento . A dica lhe dirá se você pode adicionar algo à lista.



Adicionar e editar contactos 4-14 Página 67

Imagem 40 mostra a janela de contactos na vista da grelha.

Caminho: Clique Casa na janela principal -> clique contactos no painel de casa. Clique o botão de grelha na barra de ferramentas.

Imagem 40

PTImage40.png




Adicionar e editar functionarios 4-15 Página 68

Imagem 41 mostra a janela de functionarios na vista de registos.

Caminho: Clique Casa na janela principal. -> Clique functionarios no painel de casa.

Imagem 41

PTImage41.png

1.) Na vista de registos este botão e inactivo. Selecione uma linha na vista da grelha e clique no botão para abrir o registo.
2.) Guardar a tabela de functionarios.
3.) Criar um registo novo.
4.) Elimina um registo na vista de registos. Na vista da grelha um ou mais linhas podem ser selecionado. Clique o botão para eliminar os registos selecionados.
5.) Abrir uma vista geral de todos functionarios que pode ser filtrado.
6.) Mover para outro registo. Botões 6 - 9 mudará para botões de filtro e a caixa de combinação 13 será alterado para uma caixa de texto de filtro para a vista da grelha.
7.) Mesmo como 6.
8.) Mesmo como 6.



Adicionar e editar functionarios 4-15 Página 69

9.) Mesmo como 6.
10.) Para utilizar esta função, tem de ter um cliente de correio predefinido instalado no computador. Envie um e-mail para um functionario na vista de registo. Na vista da grelha, você pode selecionar uma ou mais linhas antes de clicar neste botão. Os registos selecionados devem conter endereços de e-mail válidos. Os endereços de e-mail serão adicionados ao endereço de envio bcc do seu cliente de e-mail.
11.) Mostra uma janela com uma caixa de texto onde você pode copiar o nome e o endereço dos functionarios em um bloco.
12.) Uma lista de utilizadores com acesso às aplicações Dcryptis neste computador.
13.) Clique no botão com o ícone da pipeta para abrir uma caixa de diálogo onde você pode escolher uma cor para o plano de fundo da imagem.
14.) Clique no botão procurar para selecionar o caminho para a imagem do funcionário. Você também pode inserir o caminho diretamente na caixa de texto.



Adicionar e editar functionarios 4-15 Página 70

Imagem 42 mostra a janela de functionarios na vista da grelha.

Caminho: Clique Casa na janela principal. Clique functionarios no painel de casa. Clique o botão Grelha na barra de ferramentas.

Imagem 42

PTImage42.png




Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 71

Imagem 43 Mostra a janela de opções com o painel de interface.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> Clique em Interface no painel esquerdo. As opções neste painel são permitidas para todos os utilizadores.

Imagem 43

PTImage43.png

A explicação começa com o primeiro controle no painel do lado direito. Depois de definir as opções, clique no botão OK para salvar as alterações e fechar a janela. Clique no botão Cancelar para ignorar quaisquer alterações e fechar a janela.

1.) Janelas de selecção: Defina um número para quantas janelas de selecções podem ser abertas ao mesmo tempo. O número mínimo é 1, o número máximo é 10.
2.) Selecione a partir da lista que o controle deve mostrar ao abrir uma janela de selecção.
3.) Marque a caixa de selecção se a janela de selecção do cliente deve abrir no início da aplicação.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 72

4.) Marque a caixa de selecção se a janela de selecção do fornecedor deve abrir no início da aplicação.
5.) Marque a caixa de selecção se a janela de selecção do producto deve abrir no início da aplicação.
6.) Marque a caixa de selecção para mostrar todas as selecções como as janelas no primeiro plano. Isso também pode ser definido nas janelas de selecção com o menu de contexto. Ver secção 8-2 botão 6-9.
7.) Marque a caixa de selecção para mostrar uma animação das selecções ao abrir ou mover uma janela de selecção.
8.) Marque a caixa de selecção para mostrar uma animação do painel ao abrir as janelas do painel.
9.) Algumas mensagens têm a opção de ocultá-las na próxima vez em que aparecerem. Marque a caixa de selecção para redefinir esta opção e mostrar todas as mensagens ocultas novamente.
10.) Marque esta caixa de selecção se um documento tem ser reimpresso como um original. Você tem repetir esta confirmação para cada documento que deseja reimprimir como um original.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 73

Imagem 44 mostra a janela de opções com o painel de guardar e cópia de segurança.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> Clique em guardar e cópia de segurança no painel esquerdo. As opções neste painel só estão disponíveis para Administradores.

Imagem 44

PTImage44.png

A explicação começa com o primeiro controle no painel do lado direito. Depois de definir as opções, clique no botão OK para guardar as alterações e fechar a janela. Clique no botão Cancelar para ignorar quaisquer alterações e fechar a janela.

1.) Você pode melhorar a pasta da cópia de segurança escolhendo um caminho em uma unidade diferente. Se o caminho da pasta da cópia de segurança for melhorada, uma cópia de segurança é escrito no caminho da pasta de cópia de segurança padrão e uma cópia do ficheiro é gravada no caminho da pasta de cópia de segurança melhorada.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 74

2.) Defina um número quantos cópias de seguranca você deseja manter, antes que a aplicação elimina os mais antigos. Defina um número entre 30 e 300.
3.) Digite um caminho de ficheiro de imagem válido ou procure um ficheiro de imagem para definir como o logotipo no lado direito do janela principal.
4.) Digite um caminho de ficheiro de imagem válido ou procure um ficheiro de imagem para definir como o logotipo para relatorios de documentos.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 75

Imagem 45 Mostra a janela de opções com o painel de formato.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> Clique em Formato no painel esquerdo. As opções neste painel só estão disponíveis para Administradores.

Imagem 45

PTImage45.png

Defina os dígitos desejados para os preços, número de percentagem, números gerais e números de frações para as quantidades nesta janela. O segundo controle permite que você defina o símbolo de moeda antes ou depois do número. Insira a medição de peso para cálculos de reciclagem. Depois de definir as opções, clique no botão OK para guardar as alterações e fechar a janela. Clique no botão Cancelar para ignorar quaisquer alterações e fechar a janela.




Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 76

Imagem 46 Mostra a janela de opções com o painel de opções da impressora.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> Clique em Opções impressora no painel esquerdo. As opções neste painel só estão disponíveis para Administradores.

Imagem 46

PTImage46.png

Defina a medida e os tamanhos de impressão padrão para a página e as margens. Depois de definir as opções, clique no botão OK para guardar as alterações e fechar a janela. Clique no botão Cancelar para ignorar quaisquer alterações e fechar a janela.




Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 77

Imagem 47 Mostra a janela de opções com o painel avançado.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> Clique em Avançado no painel esquerdo. As opções neste painel só estão disponíveis para Administradores.

Imagem 47

PTImage47.png

A explicação começa com o primeiro controle no painel do lado direito. Depois de definir as opções, clique no botão OK para guardar as alterações e fechar a janela. Clique no botão Cancelar para ignorar quaisquer alterações e fechar a janela.

1.) Digite um valor entre 1 e 15, para mostrar o número de bancos de dados recentes.
1.) Insira um valor entre 1 e 2000, para calcular automaticamente, a data do próximo contacto com os clientes.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 78

3.) Marque a caixa para permitir stock negativo. Se marcada, nenhuma mensagem será mostrado sobre quantidades em falta, nos documentos. Se marcada, permitir stock negativo em encomendas de clientes fica tambem marcada.
4.) Marque a caixa para permitir stock negativo em encomendas de clientes. Se marcada, nenhuma mensagem será mostrado sobre quantidades em falta, nos encomedasde clientes. Esta opção pode ser marcado sem marcar a opção de stock negativo acima. Este valor é usado no controle de extensão de aplicação Encomendas automaticas.
Veja página 138 secção 7-1 encomendas automaticas.
5.) Marque a caixa para permitir entradas duplas do mesmo produto em um documento.
6.) Preserve quantidades para as encomendas não cumpridas. Se a caixa está marcada e você transformar uma encomenda de um cliente para uma nota de entrega ou uma factura. Neste caso, se não todos os produtos e as quantidades corresponder à encomenda, uma janela de mensagem irá apparecer, perguntar se você deseja preservar as quantidades não cumpridos em uma nova encomenda. A nova encomenda terá uma nova série de documento com a referência à ordem original.
7.) Marque a caixa para mostrar a janela de pagamento imediato para facturas simplificados. Isso é útil para vendas no balcão, onde o cliente tem de pagar a compra imidiatamente. Se não for marcada, você pode ainda fazer pagamentos de facturas simples na janela de Saldos, pagamentos e recibos.
Veja página 107 secção 4-21 Saldos, pagamentos e recibos.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 79

Imagem 48 mostra a janela de opções com o painel de direitos de utilizador.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> clique em Direitos de utilizador no painel esquerdo. As opções neste painel estão disponíveis apenas para Administradores.

Imagem 48

PTImage48.png

Neste painel, você pode definir os direitos para si mesmo (administrador nº. 1.) ou seus utilizadores. Isto irá restringir o acesso de dados como descrito nas etiquetas de controlo. Uma vez que existem 34 diferentes direitos, você pode copiar os direitos de e para qualquer utilizador, para facilitar as coisas. Selecione um utilizador na primeira caixa de combinação para alterar os direitos deste utilizador. Selecione um utilizador na segunda caixa de combinação de onde você deseja copiar os direitos. Ambas as caixa de combinação tem conter utilizadores diferentes. Após a selecção, clique no erro verde para copiar os direitos. Agora você pode ainda mudar controles individuais para cada utilizador. Clique no botão OK na parte inferior da janela para guardar as alterações.




Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 80

Imagem 49 mostra a janela de opções com o painel de gestão de base de dados.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> clique em Gestão base de dados no painel esquerdo. As opções neste painel estão disponíveis apenas para Administradores.

Imagem 49

PTImage49.png

Registar uma base de dados:

Antes de poder criar documentos válidos, você tem de registar a base de dados.
Primeiro, você tem de inserir todas as informações da sua empresa na janela da empresa em:
Painel Casa -> Informações da empresa. Você também devia importar ou introduzir os seus clientes, fornecedores e produtos primeiro.

1.) Selecione um utilizador na caixa de combinação e clique no botão mais à direita. Repita este passo para todos os utilizadores que devem ter acesso ao base de dados. Os utilizadores adicionados aparecem no controle de lista. Nota: Os utilizadores registados abrem sempre a sua base de dados registado.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 81

2.) Se todos os utilizadores dessa base de dados forem adicionados ao controle de lista, clique no botão OK.

Restaurar uma cópia de segurança ou terminar um período vai descontinuar todas as séries que foram usadas. Nesse caso, basta criar novas séries com nomes diferentes. Dê aos seus base de dados de trabalho nomes significativos para poder identificá-los pelo nome.

Terminar um período:

Depois de um certo tempo de uso e, dependendo da actividade da empresa, mais e mais dados serão armazenados na base de dados. No início de um ano novo, você pode encerrar o período da base de dados de duas maneiras.

3.) Feche o período, mas mantenha todos os documentos não pagos no novo período.

Uma base de dados de armazenamento está escrito. A base de dados de armazenamento é somente leitura, mas você pode abrir a base de dados e imprimir ou exportar dados. Além disso, você pode definir referências para notas de crédito e débito a partir de uma base de dados de armazenamento. Na caixa de diálogo de referência, clique no botão com o olho para procurar uma base de dados de armazenamento. A base de dados de armazenamento deve pertencer à mesma empresa que a base de dados actual.

Registo de impressão:

4.) Clique no botão para extrair o log de impressão para um arquivo xml.

Alterar a moeda:

5.) Com esta opção a moeda padrão pode ser alterada. Se a moeda mudasse para qualquer outra coisa que não fosse o euro, seria muito trabalho criar uma nova base de dados com uma nova moeda. Esta opção faz tudo isso, definindo todos os preços, clientes e fornecedores para a nova moeda. A nova moeda selecionada será então a moeda padrão.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 82

Imagem 50 mostra a janela de opções com o painel de rede.

Caminho: Clique no botão redondo na janela principal -> clique em Opções na parte inferior direita da janela suspensa -> clique em Gestão base de dados no painel esquerdo. As opções neste painel estão disponíveis apenas para Administradores.

Imagem 50

PTImage50.png

1.) Abra uma base de dados que você deseja usar em uma rede. Marque a caixa de verificação e introduza o caminho para a pasta de rede na caixa de texto Url do Website. Digite seu nome de utilizador e a palavra de passe para esse URL.
2.) O código AT aplica-se somente se você tem de submeter ficheiros de auditoria no seu país. Você deve primeiro criar um sub-utilizador da sua empresa nas finanças. Insira o site e as suas credenciais. Marque a caixa de selecção, para receber códigos At automaticamente ao concluir um documento como uma Guia de remessa.



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 83



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 84



Alterar as opções da aplicação 4-16 Página 85



Criação de inventario 4-17 Página 86

Antes que podemos começar a criar documentos, precisamos de um inventário. Somente os produtos que movem o stock aparecerão no inventário. Existem duas formas de introduzir as suas quantidades. Você pode criar um novo inventário e alterar as quantidades directamente no inventário ou pode criar o inventário com quantidades em zero e, em seguida, adicionar quantidades criando facturas de fornecedor. Este deve ser o método preferido, pois é mais fácil verificar as alterações provenientes de documentos em vez de inserindo valores directamente no inventário. Você ainda tem alguma visão geral se você usou o primeiro método como você pode salvar até 5 inventários como informação. Apenas o inventário mais recente é o inventário actual e está marcado com uma caixa de verificação. Veja imagem 52 número 18.

Imagem 52 mostra a janela de novo inventário.

Caminho: Clique no botão armazéns na janela principal -> clique em Novo inventário no painel do armazém.

Imagem 52

PTImage52.png




Criar documentos - inventario 4-17 Página 87

1.) Clique no botão para concluir o documento se você tiver terminado de fazer alterações. Se houver mais de um armazem, lembre-se de verificar todos os outros armazéns também. Você pode clicar em Remover filtro para ver a vista da grelha não filtrada. As quantidades negativas tem ser alteradas antes de concluir o inventário!
2.) Se um inventário existente estiver aberto, este botão fica activado. Clicar neste botão criará um novo inventário com as quantidades actuais.
3.) Clique no botão para eliminar um inventário antigo. O inventário actual não pode ser eliminado.
4.) Filtro para a vista de grelha, como explicado anteriormente.
5.) Mesmo como 4.
6.) Mesmo como 4.
7.) Clique no botão para mover o registo como explicado anteriormente. Aqui você iria para outro inventário se houver mais de um inventário.
8.) Mesmo como 7.
9.) Mesmo como 7.
10.) Mesmo como 7.
11.) Clique no botão para abrir uma pré-visualização do inventário selecionado. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório.
12.) Clique no botão para imprimir o inventário selecionado.
13.) Clique no botão para exportar o inventário selecionado como um ficheiro xml.
14.) Esta caixa de combinação mostra o armazém selecionado. Selecione um armazém diferente para mostrar os registos desse armazém. Clique no botão número 6 para remover o filtro e para mostrar todos os registos.
15.) Filtro de caixa de texto para filtrar a vista da grelha. Isso já foi explicado anteriormente.
16.) Mostra o estado do inventário selecionado.
17.) Mostra a data do inventário selecionado.
18.) Indicador para o inventário actual. Apenas o inventário mais recente é marcado como o inventário actual.
19.) Mostra uma vista da grelha com todas as quantidades de produtos de todos os armazéns. A vista da grelha pode ser filtrada.
20.) Se um novo inventário for criado, as duas colunas onde as entradas são permitidas são marcadas com uma cor diferente, do que as outras colunas na vista da grelha. Todas as outras colunas são somente leitura.
21.) A barra de estado mostra as quantidades de linhas visíveis e o número de todas as linhas no lado esquerdo. Os valores de moeda são mostrados no lado direito.



Criar documentos - inventario 4-17 Página 88

Imagem 53 mostra a janela de inventário com um inventário existente.

Caminho: Clique no botão armazens na janela principal -> clique em Inventario no painel armazem.

Imagem 53

PTImage53.png

O registo de um inventário existente e apenas de leitura.




Criação de documentos de cliente 4-17 Página 89

Se todos os dados necessários estiverem presentes, você poderá criar novos documentos. Para criar uma nova factura, comecar a selecionar um cliente numa janela de selecção de cliente. Se uma série de documentos estiver predefinida, a factura será aberta com um novo número na série predefinida. Se nenhuma série estiver definida como predefinida, será aberta uma caixa de diálogo solicitando que você selecione uma série na lista. Veja página 90 imagem 55. Você ainda pode alterar a série na caixa de combinação série na janela da factura, desde que o documento não seja concluída.

Se você editar mais de um documento ao mesmo tempo, apenas as linhas do documento actual serão analisadas. Se o documento for concluído, o documento será analisado novamente.

A imagem 54 mostra a janela da factura com uma nova factura. Caminho: Clique no botão do cliente na janela principal -> clique no botão Factura no painel do cliente.

Imagem 54

PTImage54.png




Criação de documentos de cliente 4-17 Página 90

Imagem 55 mostra a caixa de diálogo de série para uma nova factura.

Imagem 55

PTImage55.png

1.) Depois de terminar a edição da factura, você pode guardar o documento como um rascunho que pode ser concluído mais tarde.
2.) Clique no botão para concluir o documento. Antes de concluir a factura, a programa analisará o documento e mostrará todos os erros possíveis numa caixa de diálogo. Erros leves e médios podem ser ignorados, mas erros graves tem ser alterados antes que o documento possa ser concluído.
3.) Se um documento foi guardado ou concluído, você pode clicar no botão para criar um novo documento com o cliente selecionado no filtro principal.
4.) Clique no botão para anular o documento actual. Um documento concluído só pode ser anulado se esse documento ainda não foi apresentado em um ficheiro de auditoria. Se for esse o caso, você ainda pode criar uma nota de crédito para resolver uma factura errada e, em seguida, criar uma nova factura com os valores correctos. Se um documento de rascunho for anulado, o estado desse documento é redefinido para novo.
5.) Clique no botão para abrir uma visualização do documento selecionado. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório. O documento tem ser concluído antes.
6.) Clique no botão para imprimir o documento selecionado. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para a impressão. O documento deve ser concluído antes.
7.) Clique no botão para exportar o documento selecionado como um ficheiro PDF. O documento tem ser concluído antes.
8.) Clique no botão para abrir uma janela onde pode seleccionar um documento a partir do qual pretende importar os detalhes para a factura actual. A vista da grelha de documento tem ser vazia antes de poder usar essa opção. A janela mostrará documentos do mesmo tipo e do mesmo cliente que o documento actual.



Criação de documentos de cliente 4-17 Página 91

9.) Clique no botão para exportar o documento selecionado como um ficheiro xml. O documento tem ser concluído antes.
10.) Clique no botão para ver os detalhes do documento em tamanho maximo.
11.) Mostra a data do documento. A data do documento não pode ser posterior à data de criação. Se você deseja criar documentos para o dia seguinte, criar rascunhos. Os rascunhos podem ser alterados para a data actual e podem ser concluídos mais tarde.
12.) Mostra a série e o número do documento.
13.) Mostra o estado do documento actual.
14.) Mostra o número fiscal do cliente selecionado.
15.) Se a factura foi criada através da transformação de um documento, a série e o nome do documento transformado aparecerão aqui.
16.) A data de liquidação do documento. Este campo é predefinido no registo do cliente, mas pode ser alterado durante a criação do documento.
17.) A liquidação do dia está relacionada com a data de liquidação. Se você alterar um campo, o outro campo também será alterado automaticamente.
18.) O campo 18 mostra o nome e o endereço do cliente.
19.) Mostra o numero da encomenda.
20.) Mostra a caixa de combinação onde você pode selecionar três tipos de facturamento de origem. Este é um indicador de como o documento foi criado.
1. Opção = documento criado nesta aplicação.
2. Opção = documento emitido manualmente e integrado nesta aplicação.
3. Opção = documento proveniente de uma recuperação.
Depois de seleccionar uma opção, uma caixa de diálogo será aberta onde você pode digitar a série e número do documento a recuperar. Você pode abrir a caixa de diálogo novamente por clicar o botão no lado direito da caixa de combinação.
21.) Mostra a série de documento recuperado.
22.) Você pode clicar nos rótulos ou nos botões redondos à direita para abrir os painéis ocultos.
23.) Você pode clicar nos botões redondos à direita para abrir ou fechar os painéis.
24.) A vista da grelha mostra os detalhes do documento. Veja página 94 sobre como inserir detalhes do documento.
25.) Mostra os totais do documento. O rodapé de desconto é predefinido no registo do cliente, mas pode ser alterado para o documento actual.



Criação de documentos de cliente 4-17 Página 92

Imagem 56 Mostra a janela de factura com todos os painéis abertos.

Imagem 56

PTImage56.png

1.) Mostra uma caixa de combinação onde você pode selecionar o armazém de origem.
2.) Mostra uma caixa de combinação onde você pode selecionar o endereço de entrega de cliente.
3.) Mostra uma caixa de combinação onde você pode selecionar uma matricula do veículo que irá transportar os produtos. Novas matriculas podem ser usadas aqui e adicionadas directamente à lista se você desejar.
4.) Mostra um selector de data com a data de partida.
5.) Mostra um selector da hora com a hora de partida.
6.) Insira o custo de transporte para a entrega aqui.
7.) Mostra um selector de data com a data de entrega.
8.) Mostra um selector da hora com a hora de entrega.



Criação de documentos de cliente 4-17 Página 93

9.) Você pode inserir notas de documento neste controle. São permitidos até 255 dígitos.
10.) Selecione o vendedor responsável da lista. Os funcionários devem ser inseridos antes de usar este controle.
11.) O código EAC pode ser predefinido na janela de Informações da empresa ou inserido directamente, se sua empresa estiver envolvida em diferentes actividades. Se este campo não for preenchido, um erro leve aparecerá ao guardar ou concluir o documento.
12.) Marque a caixa de selecção se desejar registar uma auto factura. A caixa de selecção auto factura tem ser marcado antes no registo do cliente, para poder usar esse controle. É possível criar recibos internos para as auto facturas.
13.) Marque a caixa de selecção se quiser registar uma factura de terceiros. As quantidades não são calculadas para facturas de terceiros. Se você tem de criar uma factura de fornecedor para os produtos que aparecem nesta factura de terceiros, use produtos que não movem stock.
14.) A caixa de verificação do esquema de IVA é preenchida automaticamente se a sua empresa e o cliente selecionado, estiverem registados para utilizar este esquema. As respectivas caixas de selecção tem ser marcadas na janela de informações da empresa e no registo do cliente.
15.) A vista da grelha mostra os detalhes do documento. Veja página 94 sobre como inserir detalhes do documento.
16.) Este painel mostra mais detalhes sobre os totais do documento.



Criação de documentos de cliente 4-17 Página 94

Os detalhes do documento geralmente têm muitas colunas. Você precisará raramente de todas as colunas em um documento. Como em muitas outras vistas de grelha que contêm muitas colunas, as colunas podem ser ocultadas e mostradas novamente clicando no cabeçalho da coluna com o botão direito do rato. Isso abrirá a janela de selecção de colunas onde uma caixa de selecção para cada coluna é listada. Marcar uma caixa de verificação irá mostrar esta coluna e desmarcar uma caixa de verificação irá ocultar a coluna.
Veja página 143 imagem 93 com um exemplo da janela de selecção de colunas.

Numero da linha: A explicação das colunas na vista de grelha começa com a primeira coluna à esquerda. Cada linha nos detalhes do documento tem um número de linha. Os detalhes são sorteados por esse número de linha. A coluna de número de linha é aprimorado de uma maneira que alterará outros números de linha no documento actual, se você alterar uma célula. Por exemplo, se tiver 4 linhas e alterar o número da linha 3 para a número da linha 2, a linha número 2 mudará automaticamente para 3. Se eliminar a linha 3 de um total de 4 linhas, a linha número 1 e 2 permaneceriam inalteradas enquanto o número de linha 4 mudaria para a número de linha 3.

ID do produto, código, descrição e código de barras: Existem inúmeras maneiras de adicionar produtos. Há 4 colunas onde você pode entrar directamente produtos. Na coluna ID do produto, na coluna código, na coluna descrição e na coluna de código de barras.

Se o valor que você inserir na coluna id do produto não for uma correspondência excata, uma nova janela será aberta onde você pode selecionar um produto, clicando duas vezes em uma linha na vista de grelha do selector de produtos. Veja página 95 imagem 57 um exemplo de um selecionador de produtos. Você também pode clicar duas vezes na coluna de ID do produto, para abrir o selector de produtos.

As colunas código e descrição trabalham de uma maneira similar, como o coluna id do produto. A diferença é que um valor que não é uma correspondência excata será adicionado ao filtro do selector do produto para reduzir os. Se uma célula no código de barras da coluna tiver o foco, um scanner de código de barras pode ser usado para inserir produtos. O código de barras do produto também pode ser introduzido manualmente. Se mais de um produto existir com o mesmo código, descrição ou código de barras, um selector de produtos será aberto com os produtos possíveis para selecionar.




Criação de documentos de cliente 4-17 Página 95

Imagem 57 mostra o selecionador do produto da factura.

Imagem 57

PTImage57.png




Criação de documentos de cliente 4-17 Página 96

Quantidade: Se um produto estiver marcado para usar frações para quantidades, você pode inserir um valor decimal aqui. Se um produto não estiver marcado para usar frações, o valor a ser inserido deve ser um número inteiro. Você também pode usar números negativos em uma factura para deduzir um produto ou valor. O total da factura no entanto não pode ser negativo.

Preço unitario: Se você inserir um produto, o preço unitário será automaticamente inserido pelo programa se existir um preço relacionado. Se nenhum preço relacionado existir, um aviso será mostrado.

Desconto 1 e Desconto 2: Os descontos são predefinidos no registo do cliente, mas podem ser alterados na vista de grelha.

IVA: O IVA é predefinido no registo de produtos, mas pode ser alterada na vista de grelha. Se a IVA e o valor do imposto forem definidos para zero, uma janela será aberta onde você tem de entrar um lei de isenção de imposto que aplica. Você pode selecionar um lei de isenção da lista ou você pode digitar um lei de isenção novo na caixa de combinação.

Valor de taxa: O valor do imposto é predefinido em produtos e não pode ser inserido aqui.

Isenção de imposto: Se uma isenção de imposto for preenchida, você pode clicar duas vezes na célula de vista de grelha para abrir novamente a janela de isenção de imposto. Isso permite que você altere a isenção fiscal novamente. Se uma isenção de imposto não for fornecida, os impostos redefinirão para seu valor predefinido original.

Descrição da linha: Você pode inserir nesta célula uma descrição de produto adicional com um comprimento de 200 dígitos máximos.

ID Lote: O ID de lote é predefinido no registo de produtos, mas um novo id pode ser inserido. Você também pode clicar duas vezes na célula de lote para abrir a janela do selector de lote. O selector de lote trabalha similar ao selector do produto que foi explicado antes.

Número da paleta: Se mais de uma paleta é enviada, é útil definir números de paleta. Se o número da paleta aparecer no documento, o cliente poderá localizar mais facilmente os produtos.

Linha Taxa Total: Mostra o valor total do imposto da linha. Essa célula é somente leitura.

Total Linha: Mostra o valor total da linha. Essa célula é somente leitura.




Criação de documentos de cliente 4-17 Página 97

Retenção na fonte: Para poder usar a opção de imposto retido na fonte, o cliente tem ter o tipo de imposto retido na fonte e a percentagem definida. Somente para produtos de serviço é permitida uma retenção na fonte. Um imposto retido na fonte é definido em uma factura, mas ainda tem ser confirmado no pagamento.

Outros documentos estão a funcionar de forma semelhante à factura do cliente. Algumas diferenças importantes são para mencionar.

Nota de crédito cliente: Caminho: Clique no botão do cliente na janela principal -> clique em nota de crédito no painel do cliente. O controle Código AT, no painel de transporte, está oculto neste documento. As quantidades são negativas em notas de crédito enquanto o preço é positivo. O resultado é um total negativo. Uma nota de crédito não deve ser utilizada como documento de transporte.

Nota de débito cliente: Caminho: Clique no botão cliente na janela principal -> clique em nota de débito no painel do cliente. O controle AT Code, no painel de transporte, está oculto neste documento. Uma nota de débito não deve ser usada como um documento de transporte. A caixa de verificação auto factura, no painel Outros, está desactivada neste documento. O controle factura de terceiros, no painel Outros, é desativado neste documento.

Encomendas do cliente, propostas ou factura pró-forma: Caminho: Clique no botão cliente na janela principal -> clique em encomenda no painel do cliente. O controle AT Code, no painel de transporte, está oculto neste documento. A caixa de verificação auto factura, no painel Outros, está desactivada neste documento. O controle factura de terceiros, no painel Outros, é desativado neste documento. A caixa de selecção do imposto de retenção de fonte, na grelha de detalhes do documento, não existe neste tipo de documento.

Guia Remessas cliente: Caminho: Clique no botão cliente na janela principal -> clique em Guia de remessa no painel do cliente. Use Guias de remessa se o seu cliente tem de confirmar a entrega antes de aceitar uma factura. Uma Guia de remessa pode ser transformada em uma factura e, em seguida, a factura ainda pode ser editada. O controle código AT tem ser preenchido manualmente ou automaticamente pela aplicação.




Criação de documentos de fornecedor 4-18 Página 98

Imagem 58 mostra a janela de factura do fornecedor com todos os painéis abertos.

Caminho: Clique no botão fornecedor na janela principal -> clique na factura do fornecedor no painel do fornecedor.

Imagem 58

PTImage58.png

Comece selecionando um fornecedor de uma janela de selecção de fornecedor. As facturas dos fornecedores funcionam de forma semelhante às facturas dos clientes. Algumas diferenças são para mencionar. O número da encomenda muda para o número de referência. As caixas de combinação de endereço de envio e a caixa de combinação de endereço de entrega mudam a sua posição. A primeira caixa de combinação lista os armazéns da empresa em todos os documentos. As caixas de texto de margem não existem no painel de totais. Os detalhes são introduzidos com quantidades positivas e preços unitários negativos.




Criação de documentos de fornecedor 4-18 Página 99

Nota de crédito fornecedor: Caminho: Clique no botão fornecedor na janela principal -> clique em nota de crédito do fornecedor no painel fornecedor. As quantidades e os preços são negativos nas notas de crédito do fornecedor. O resultado é um total positivo.

Nota de débito fornecedor: Caminho: Clique no botão do fornecedor na janela principal> clique na nota de débito do fornecedor no painel do fornecedor. Uma nota de débito do fornecedor reflete uma nota de crédito do fornecedor emitida pelo fornecedor, neste applicação.

Encomendas fornecedor: Caminho: Clique no botão fornecedor na janela principal -> clique em Encomenda fornecedor no painel fornecedor. Os detalhes são introduzidos com quantidades positivas e preços unitários negativos.

Devolução fornecedor: Caminho: Clique no botão fornecedor na janela principal -> clique na nota de devolução no painel do fornecedor. Uma nota de devolução pode ser transformada em uma nota de débito do fornecedor e, em seguida, a nota de débito ainda pode ser editada. O código de controle AT deve ser preenchido manualmente ou automaticamente pela aplicação.




Criação de documentos internos - Transferência 4-19 Página 100

Imagem 59 Mostra a janela de transferência com o painel aberto.

Caminho: Clique no botão armazem na janela principal -> clique em Transferência no painel do armazem.

Imagem 59

PTImage59.png

1.) Depois de terminar a edição da transferência, pode guardar o documento como um rascunho que pode ser concluído mais tarde.
2.) Clique no botão para concluir o documento. Antes de concluir a transferência, o programa analisará o documento e mostrará todos os erros possíveis em uma caixa de diálogo. Erros leves e médios podem ser ignorados, mas erros graves devem ser alterados antes que o documento possa ser concluído.
3.) Se um documento foi guardado ou concluído, você pode clicar no botão para criar um novo documento.
4.) Clique no botão para anular o documento actual. Um documento concluído só pode ser anulado se esse documento ainda não foi apresentado em um ficheiro de auditoria. Se um documento de rascunho guardado for anulado, o estado desse documento é redefinido para novo.



Criação de documentos internos - Transferência 4-19 Página 101

5.) Clique no botão para abrir uma visualização do documento selecionado. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório para visualizar. O documento tem ser concluído antes.
6.) Clique no botão para imprimir o documento selecionado. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para a impressão. O documento tem ser concluído antes.
7.) Clique no botão para exportar o documento selecionado para um ficheiro PDF. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para a exportação. O documento tem ser concluído antes.
8.) Clique no botão para ver os detalhes do documento em tamanho maximo.
9.) Mostra a data do documento. A data do documento não pode ser posterior à data de criação. Se você deseja criar documentos para o dia seguinte, crie rascunhos. Os rascunhos podem ser alterados para a data actual e podem ser concluídos mais tarde.
10.) Selecione uma série da lista se desejar alterar a selecção actual.
11.) Mostra o estado do documento actual.
12.) Selecione o armazém de origem.
13.) Selecione o armazém do destino. Ambos os armazéns tem ser selecionados antes que a visualização da grelha seja activada. Uma vez que o documento contém detalhes, os armazéns não podem ser alterados mais. Se todos os detalhes forem eliminado, os controles do armazems serão activados novamente.
14.) Se você precisar de um documento de transporte para essa transferência, abra o painel clicando no botão redondo à direita ou clicando directamente no painel fechado. Selecione uma série para o documento de transporte e defina as datas de partida e entrega.
15.) Selecione uma série para o documento de transporte.
16.) O controle de código AT tem ser preenchido manualmente ou automaticamente pela aplicação, se for aplicável.
17.) A vista da grelha mostra os detalhes do documento. Veja página 94 sobre como inserir detalhes do documento.
18.) Este painel mostra os totais do documento.



Criação de documentos internos - Saidas 4-19 Página 102

Imagem 60 mostra a janela de saidas.

Caminho: Clique no botão armazém na janela principal -> clique em Saída de stock no painel do armazém.

Imagem 60

PTImage60.png

1.) Depois de terminar a edição do documento da saída, você pode guardar o documento como um rascunho que pode ser concluído mais tarde.
2.) Clique no botão para concluir o documento. Antes de concluir o documento, o programa analisará o documento e mostrará todos os erros possíveis em uma caixa de diálogo. Erros leves e médios podem ser ignorados, mas erros graves devem ser alterados antes que o documento possa ser concluído.
3.) Se um documento foi guardado ou concluído, você pode clicar no botão para criar um novo documento.
4.) Clique no botão para anular o documento actual. Um documento concluído só pode ser anulado se esse documento não foi ainda apresentado em um ficheiro de auditoria. Se um documento de rascunho guardado for anulado, o estado desse documento é redefinido para novo.



Criação de documentos internos - Saidas 4-19 Página 103

5.) Clique no botão para abrir uma visualização do documento selecionado. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório para visualizar. O documento tem ser concluído antes.
6.) Clique no botão para imprimir o documento selecionado. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para a impressão. O documento tem ser concluído antes.
7.) Clique no botão para exportar o documento selecionado como um arquivo PDF. Um painel de relatórios mostrará onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para a exportação. O documento tem ser concluído antes.
8.) Clique no botão para ver os detalhes do documento em tamanho maximo.
9.) Mostra a data do documento. A data do documento não pode ser posterior à data de criação. Se você deseja criar documentos para o dia seguinte, crie rascunhos. Os rascunhos podem ser alterados para a data actual e podem ser concluídos mais tarde.
10.) Selecione o armazém onde você deseja reduzir quantidades.
11.) Mostra o estado do documento actual.
12.) A vista da grelha mostra os detalhes do documento. Veja página 94 sobre como inserir detalhes do documento.
13.) Este painel mostra os totais do documento.



Transformar documentos 4-20 Página 104

Imagem 61 Mostra a janela da lista de documentos do cliente.

Caminho: Clique no botão do documento na janela principal -> clique em transformar documentos do cliente no painel do documento. A lista é filtrada para todos os documentos que podem ser transformados. Se você clicar em lista de documentos do cliente no painel de documentos, todos os documentos serão mostrados. Em ambos os casos, se um cliente for selecionado no filtro principal, a lista será filtrada também para documentos relacionados a esse cliente.

Imagem 61

PTImage61.png

1.) Primeiro botão na barra de ferramentas: Selecione uma linha e clique neste botão para abrir o documento selecionado.
2.) Os próximos cinco botões são usados para filtrar a vista de grelha visível.
3.) Clique no botão de visualização para ver um painel de relatórios onde você pode selecionar um esquema de relatório. Clique em uma linha no painel de relatório para ver uma visualização do documento que pode ser impressa.
4.) Clique no botão Imprimir para ver um painel de relatório no qual você pode selecionar um esquema de relatório. Clique em uma linha no painel do relatório para imprimir o documento directamente.
5.) Clique no botão de exportação para ver um painel de relatório onde você pode selecionar um esquema de relatório. Clique em uma linha no painel de relatório para exportar o documento como um arquivo PDF. Uma caixa de diálogo será aberta para solicitar um local, se um local para arquivos PDF não estiver predefinido.



Transformar documentos 4-20 Página 105

6.) Clique no botão da factura com a seta azul para transformar o documento selecionado em uma factura. Uma caixa de diálogo aparecerá onde você pode selecionar uma série. O documento será então transformado para essa série. Veja página 100 imagem 59.
7.) Clique no botão de entrega com a seta laranja para transformar o documento selecionado em uma Guia de remessa. Uma caixa de diálogo aparecerá onde você pode selecionar uma série. O documento será então transformado para essa série. Veja página 105 imagem 62. Nem todos os documentos podem ser transformados em uma Guia de remessa.
8.) Clique no botão tab Facturas para mostrar a lista de facturas.
9.) Clique no botão tab Guias para mostrar a lista de entregas e encomendas.

Imagem 62 mostra o diálogo de transformação onde uma data e uma série podem ser selecionadas para o documento a transformar.

Imagem 62

PTImage62.png

1.) Selecione uma série e transformar o documento para essa série.
2.) Defina a data para o documento. A data não pode ser posterior que agora, e a data não pode ser anterior à data do último documento na mesma série.
3.) Marque a caixa de selecção para editar o documento, depois de clicar no botão OK. A segunda caixa de selecção será verificada automaticamente.
4.) Marque a caixa de selecção para abrir o documento, depois de clicar no botão OK. Se a primeira caixa de selecção não estiver marcada, o documento transformado será aberto como um documento concluído.
5.) Clique no botão ok se todos os controles estiverem definidos.



Transformar documentos 4-20 Página 106

Lista de documentos de fornecedores.

Caminho: Clique no botão documento na janela principal -> clique em transformar documentos do fornecedor no painel do documento ou clique em lista de documentos do fornecedor no painel de documentos. Os botões nos documentos do fornecedor de lista funcionam de forma semelhante aos botões na lista de documentos do cliente.

Seguindo uma lista de tipos de documentos e tipos de documentos aos quais eles podem ser transformados.

Tipo Documento Transformar documento
FT Factura a clientes. Não pode ser transformado.
FS Factura simplificado a clientes. Não pode ser transformado.
FR Factura Recibo a clientes. Não pode ser transformado.
GR Guia Remessa a clientes. FT
GT Guia Transporte a clientes. FT
NE Encomenda de cliente FT / FR / FS /DC / FC / GC / GR / GT
ND Nota de Débito a clientes. Não pode ser transformado.
NC Nota de Crédito a clientes. Não pode ser transformado.
RC Recibos a clientes. Não pode ser transformado.
RG Recibos a clientes. Não pode ser transformado.
GC Guia Consignação a clientes. FT / FR / FS /FC
DC Nota de Servicio FT
TF Transferência de Produtos. Não pode ser transformado.
GA Guia de Transferência Não pode ser transformado.
FF Factura de Fornecedor. Não pode ser transformado.
GD Guia de Devolução a fornecedor. DF
EF Encomenda a fornecedor. FF
DF Nota de Débito a fornecedor. Não pode ser transformado.
CF Nota de Crédito a fornecedor. Não pode ser transformado.
PF Pagamento a fornecedor. Não pode ser transformado.
FC Factura consignação a clientes. FT
GF Guia devolução a fornecedor. DF
RI Recibo Interno Não pode ser transformado.
AS Auto Factura Sujeito Passivo Não pode ser transformado.
AC Auto Factura Consumidor Final Não pode ser transformado.
CC Credito Consignação Não pode ser transformado.
CM Consulta de mesa FT / FR / FS /DC / FC / GC / GR / GT
FO Folha de Obra FT / FR / FS /DC / FC / GC / GR / GT
OR Orcamentos FT / FR / FS /DC / FC / GC / GR / GT
OU Outros FT / FR / FS /DC / FC / GC / GR / GT
PF Factura Proforma FT / FR / FS /DC / FC / GC / GR / GT



Saldos, pagamentos e recibos 4-21 Página 107

Imagem 63 Mostra o janela de Saldos e pagamentos.

Caminho: Clique no botão do cliente na janela principal -> clique em saldo e pagamentos no painel do cliente ou clique em lista de documentos do cliente no painel de documentos. Se um cliente for selecionado no filtro principal, a lista será filtrada para documentos relacionados a esse cliente.

Imagem 63

PTImage63.png

1.) Este botão está desactivado na vista da lista de documentos.
2.) Selecione uma linha com um documento aberto e clique no botão para criar um novo recibo para o documento selecionado. Veja página 105 imagem 62.
3.) Este botão está desactivado na vista da lista de documentos. Para anular um documento, abra o documento e clique no botão anular na barra de ferramentas. Este botão de anulação aqui é usado para anular apenas recibos.
4.) Selecione uma linha com um documento devido para pagamento. Um painel de relatórios será aberto onde você pode selecionar um esquema para o relatório de lembrete de pagamento.
5.) Este botão está desativado na vista da lista de documentos.
6.) Este botão está desativado na vista da lista de documentos.
7.) Este botão é usado para filtrar a vista de grelha para o valor selecionado.
8.) Este botão é usado para filtrar a vistade grelha excluindo o valor selecionado.
9.) Este botão remove todos os filtros e mostra todos os registos na vista de grelha.



Saldos, pagamentos e recibos 4-21 Página 108

10.) Este botão é usado para filtrar a vista de grelha com a data do filtro principal. Se o filtro já estiver definido, clicar com o botão direito do rato no botão de filtro de data, remove o filtro de data da vista de grelha.
11.) Clique no botão para abrir a vista da lista de contas onde todos os documentos estão listados, se nenhum filtro estiver definido. Veja página 107 imagem 63.
12.) Clique no botão para abrir a vista da lista de recibos onde todos os recibos estão listados se nenhum filtro estiver definido. Veja página 108 imagem 64.

Imagem 64

PTImage64.png

1.) Este botão mostra um painel de relatório no qual é possível selecionar um esquema de relatório a ser usado para visualizar o recibo selecionado.
2.) Este botão mostra um painel de relatório no qual é possível selecionar um esquema de relatório a ser usado para imprimir o recibo selecionado.
3.) Este botão mostra um painel de relatório onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para exportar o recibo selecionado para um ficheiro PDF.



Saldos, pagamentos e recibos 4-21 Página 109

Selecione uma linha com um documento aberto na vista de lista de documentos e clique no botão novo para criar um novo recibo para o documento selecionado.

Imagem 65

PTImage65.png

1.) Selecione uma data para o recebimento. A data não pode ser mais tarde que agora e não pode ser anterior ao último documento da mesma série.
2.) Mostra a caixa de combinação onde você pode selecionar três tipos de facturamento de origem. Este é um indicador de como o documento foi criado.
1. Opção = documento criado nesta aplicação.
2. Opção = documento emitido manualmente e integrado nesta aplicação.
3. Opção = documento proveniente de uma recuperação.
Depois de seleccionar uma opção, uma caixa de diálogo será aberta onde você pode digitar a série e número do documento a recuperar. Você pode abrir a caixa de diálogo novamente por clicar o botão no lado direito da caixa de combinação. A seríe e o numero de recuperação e mostrado na caixa de texto abaixo. proveniente de uma recuperação ou um documento emitido manualmente.
3.) Selecione uma série ou altere a série para este recibo.
4.) Mostra a caixa de selecção para o regime de Iva de caixa.. Esta caixa e marcado se a caixa de verificação Cash Vat Scheme estiver seleccionada nas informações da empresa e no registo do cliente.



Saldos, pagamentos e recibos 4-21 Página 110

5.) Se a lista de documentos incluir um documento com um valor de retenção na fonte, a caixa de selecção será activada. Para criar um recibo com retenção na fonte, a caixa de selecção tem ser verificada para confirmar a retenção.
6.) Mostra o estado do pagamento. O estado possível é novo, normal ou anulado.
7.) Mostra o total do imposto dos documentos de origem.
8.) Mostra o desconto total do recibo.
9.) Mostra o total do pagamento.
10.) Mostra o total do recibo que é a soma dos campos 6 e 7.
11.) Clique no botão com a seta vermelha para carregar todos os documentos abertos como não pagos na lista. Clique no botão com a seta verde para carregar todos os documentos abertos como pagos na lista.
12.) Esta célula define a data de pagamento. A data de pagamento pode ser diferente da data de recebimento.
13.) Esta célula muda para uma caixa de combinação ao entrar na célula. Você pode selecionar documentos relacionados ao cliente actual da lista. O mesmo documento pode aparecer mais de uma vez em um recibo, se você quiser adicionar pagamentos parciais.
14.) Esta célula muda para uma caixa de combinação ao entrar na célula. Você pode selecionar um método de pagamento da lista.
15.) Insira uma referência para este pagamento.
16.) Insira um desconto de liquidação para este pagamento. O pagamento deve estar em zero antes de usar este controle. Após a definição do desconto de liquidação, o valor do pagamento será definido com o restante do valor aberto.
17.) Insira o pagamento para este recibo. Se o valor inserido for maior que o valor total aberto do documento, a célula será redefinida para o valor aberto do documento.
18.) Esta célula é somente leitura. Se a caixa de retenção na fonte estiver definida antes de definir um pagamento, o montante do imposto retido na fonte aparecerá nesta célula.
19.) Esta célula é somente leitura. A célula mostra o valor aberto do documento desta linha.
20.) Se todos os controles estiverem preenchidos, clique no botão concluir para guardar o recibo.
21.) Este botão mostra um painel de relatório no qual é possível selecionar um esquema de relatório a ser usado para visualizar o recebimento selecionado.
22.) Este botão mostra um painel de relatório no qual é possível selecionar um esquema de relatório a ser usado para imprimir o recibo selecionado.
23.) Este botão mostra um painel de relatório onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para exportar o recibo selecionado para um arquivo PDF.



Saldos, pagamentos e recibos 4-21 Página 111

Saldo do fornecedor e a janela de pagamentos funcionam da mesma forma que os do clientes. Alguns controles não existem nos recibos do fornecedor, como o imposto retido na fonte e o controle de pagamento de origem. Caminho: Clique no botão do fornecedor na janela principal -> clique em saldo e pagamentos no painel do fornecedor. Se um fornecedor for selecionado no filtro principal, a lista será filtrada para documentos relacionados a esse fornecedor.




Moedas 4-22 Página 112

Imagem 66 mostra a janela de moedas.

Caminho: Clique no botão inicial na janela principal -> clique em moeda no painel inicial.

Imagem 66

PTImage66.png

A primeira linha é a moeda do seu país. A primeira linha pode ser alterada, mas não eliminado. O valor de troca da primeira linha é sempre 1. A coluna da moeda mostra o nome da moeda. A coluna de câmbio contém a taxa de câmbio. A coluna símbolo define o símbolo da moeda. Insira o código ISO de três letras no código da coluna. Documentos internos são sempre emitidas na moeda de pais de empresa. Todos os outros documentos podem ser emitidos em diferentes moedas. Um pagamento sempre usa a moeda do documento de origem.




Vista de dados original 4-23 Página 113

Imagem 67 mostra a janela de Vista de dados original.

Caminho: Clique no botão ferramentas na janela principal -> clique em Vista de dados original no painel de ferramentas.

Imagem 67

PTImage67.png

Essa vista de grelha é somente leitura. Aqui você pode ver todos os dados armazenados no banco de dados com seus valores originais. Isso significa que as colunas de Id mostram os valores reais, não os valores relacionados.

Você pode selecionar uma tabela selecionando um nome de tabela na caixa de combinação. Você pode filtrar a vista de grelha com os botões de barra de ferramenta ou com o controle de filtro de texto, abaixo da caixa de combinação. Uma vez que esta janela pode mostrar todas as tabelas no banco de dados, os nome de colunas na vista de grelha não são traduzidas.




Estatísticas 4-24 Página 114

Imagem 68 mostra a janela de filtro de estatísticas.

Caminho: Clique no botão Estatística na janela principal -> clique em Filtro de estatística no painel estatística.

Imagem 68

PTImage68.png

Escolha um armazém da caixa de combinação. Verifique as caixas da série que você quer ver na estatística. Para estatísticas de vendas você pode usar o cliente e a vista geral de produtos, bem como o filtro principal de data e filtros adicionais ao lado dos filtros nesta janela. Para as estatísticas de compra você pode usar o fornecedor e visões gerais de produtos, bem como o principal filtro de data como filtros adicionais ao lado dos filtros nesta janela. Se tiver definido todos os filtros, clique no botão para ver um painel de relatório, onde você pode selecionar um esquema de relatório para usar para a visualização. Se nenhum filtro for definido, todos os registos que podem ser incluídos na estatística vai mostrar. As outras opções estatísticos são explicados no painel estatística. Veja página 128 secção 4-28.




Atalhos 4-25 Página 115

Imagem 69 mostra a janela de atalhos.

Caminho: Clique no botão Ferramentas na janela principal -> clique em atalhos no painel de ferramentas.

Imagem 69

PTImage69.png

Pode usar estes atalhos se a janela principal ou uma janela de selecção é a janela activa. Entra numa célula e pressionar a tecla F1 até F12 ou uma combinação de teclas que pretende definir para a acção selecionada. Se um atalho novo já está usado, fez que o atalho anterior é eliminado. Se tiver terminado de fazer alterações, clique no botão Guardar antes de fechar a janela!




Texto armazenado 4-26 Página 116

Imagem 70 mostra a janela de texto armazenado.

Caminho: Clique no botão Ferramentas na janela principal -> clique em Texto armazenado no painel Ferramentas. Você pode abrir esta janela com um atalho tambem.

Imagem 70

PTImage70.png

Você pode usar a janela de texto armazenado para guardar palavras ou frases utilizados com frequencia. Você pode inserir até 255 dígitos na coluna de texto. Digite um nome na coluna grupo, e este nome aparece na lista de caixa de combinação. Você pode filtrar a vista de grelha com os botões de barra de ferramenta ou com o filtro de texto.




Visualizador de relatórios 4-27 Página 117

Imagem 71 mostra uma janela do visualizador de relatórios como um exemplo.

Imagem 71

PTImage71.png

Se você visualiza um relatório, você verá uma janela semelhante à imagem acima. Utilize os quatro primeiros botões na barra de ferramentas para percorrer as páginas. Clique no botão de impressão para mostrar a janela de impressão, onde pode definir a impressora, selecione as páginas a serem impressas ao lado de outras opções. Clique no botão de configuração para definir as fronteiras e tamanho da página. Clique no botão Exportar para exportar o relatório como um ficheiro PDF. Clique no botão mais zoom ou menos zoom para mudar o tamanho de vista. Clique em uma página para definir o tamanho do que uma página se encaixa a janela. Clique Largura da Página para definir o tamanho que a largura da Página se encaixa a janela.Na barra de estado, na parte inferior da janela, você pode alterar a caixa de texto página. Escreva um número e pressione ENTER para saltar para este página. No lado direito da barra de estado é mostrado a percentagem do zoom actual.




Visão geral do menu - Painel da casa 4-28 Página 118

Imagem 72 mostra o Painel da casa.

Caminho: Clique no botão home na janela principal.

Imagem 72

PTImage72.png

1.) Clique no botão para abrir a janela de informações da empresa. Veja página 37.
2.) Clique no botão para abrir a janela de contactos. Veja página 65.
3.) Clique no botão para abrir a janela de functionarios. Veja página 68.
4.) Clique no botão para abrir a janela de extensão producção. Veja página 129.
5.) Clique no botão para abrir a janela de extensão contas. Veja página 132.
6.) Clique no botão para abrir a janela de moedas. Veja página 112.
7.) Clique no botão para abrir a janela de taxas. Veja página 38.
8.) Clique no botão para abrir a janela de taxas especiais. Uma vista de grelha simples, onde você pode entrar impostos especiais de consumo para os produtos. Se um o imposto especial muda a taxa, adicione uma nova linha em vez de alterar os dados existentes. Alterar o imposto especial em todos os produtos, onde o novo imposto se aplica.
9.) Clique no botão para abrir a janela de matriculas. Uma vista de grelha simples, onde você pode entrar matriculas para utilizar em documentos.



Visão geral do menu - Painel de cliente 4-28 Página 119

Imagem 73 mostra o Painel de cliente.

Caminho: Clique no botão cliente na janela principal.

Imagem 73

PTImage73.png

1.) Clique no botão para abrir a janela de selecção do cliente. Veja página 31.
2.) Clique no botão para abrir a janela do cliente. Veja página 42.
3.) Clique no botão para abrir a vista geral do cliente.
4.) Clique no botão para criar uma factura a um cliente. veja página 89.
5.) Clique no botão para criar uma nota crédito a um cliente.
6.) Clique no botão para criar uma nota débito a um cliente.
7.) Clique no botão para criar uma encomenda de um cliente.
8.) Clique no botão para criar uma guia remessa a um cliente.
9.) Clique no botão para abrir a janela Saldo e pagamentos. Veja página 107.
10.) Clique no botão para abrir a janela Saldo e pagamentos filtrado por os documentos abertos e vencidos.
11.) Clique no botão para abrir a janela Ramos. Uma vista de grelha simples, onde você pode entrar Ramos de cliente como grupos.



Visão geral do menu – Painel fornecedor 4-28 Página 120

Imagem 74 mostra o Painel de fornecedor.

Caminho: Clique no botão fornecedor na janela principal.

Imagem 74

PTImage74.png

1.) Clique no botão para abrir a janela de selecção do fornecedor. Veja página 31.
2.) Clique no botão para abrir a janela do fornecedor. Veja Veja página 49.
3.) Clique no botão para abrir a vista geral do fornecedor.
4.) Clique no botão para criar uma factura fornecedor. Veja página 98.
5.) Clique no botão para criar uma nota crédito ao fornecedor.
6.) Clique no botão para criar uma nota débito ao fornecedor.
7.) Clique no botão para criar uma encomenda ao fornecedor.
8.) Clique no botão para criar uma nota de devolução ao fornecedor.
9.) Clique no botão para abrir a janela Saldo e pagamentos.
10.) Clique no botão para abrir a janela Saldo e pagamentos filtrado para as documentos abertos e vencidos.



Visão geral do menu – Painel produtos 4-28 Página 121

Imagem 75 o painel de Produtos.

Caminho: Clique no botão do produto na janela principal.

Imagem 75

PTImage75.png

1.) Clique no botão para abrir a janela de selecção de produtos. Veja página 30.
2.) Click the button to open the product window. Veja página 50.
3.) Clique no botão para abrir a visão geral do produto.
4.) Clique no botão para abrir a janela de quantidades do produto. Selecione um produto na janela de selecção do produto antes de clicar neste botão.
5.) Clique no botão para abrir a janela de vista de grelha da secção do produto. Use as secções como grupos para produtos.
6.) Clique no botão para abrir a janela de vista de grelha da marca do produto. Use as marcas como grupos para produtos.
7.) Clique no botão para abrir a janela de vista de grelha da família de produtos. Use as famílias como grupos para produtos.
8.) Clique no botão para abrir a vista de grelha de linhas de preço. Uma vista simples da grelha onde você pode adicionar nomes para linhas do preço.
9.) Clique no botão para abrir a vista de grelha de custos de transporte. Uma vista simples da grelha onde você pode adicionar custos de transporte.



Visão geral do menu – Painel produtos 4-28 Página 122

10.) Clique no botão para abrir a vista de grelha do tipo de produto. Uma vista de grelha simples onde você pode ver os possíveis tipos de produto. Essa exibição de grelha é somente leitura.
11.) Clique no botão para abrir a janela da unidade de medida. Uma visualização de grelha simples onde você pode adicionar ou alterar medidas do produto.



Visão geral do menu – Localidades 4-28 Página 123

Imagem 76 mostra a painel de localidades.

Caminho: Clique no botão Localidades na janela principal.

Imagem 76

PTImage76.png

1.) Clique no botão para abrir a vista de grelha de países. Uma vista simples da grelha onde você pode adicionar ou mudar países. Lembre-se também de adicionar os valores ISO corretos para os países.
2.) Clique no botão para abrir a vista de grelha de regiões. Uma vista de grelha simples onde você pode adicionar ou alterar regiões.
3.) Clique no botão para abrir a vista de grelha de cidades. Uma vista de grelha simples onde você pode adicionar ou alterar cidades.
4.) Clique no botão para abrir a vista de grelha de linguas. Uma vista de grelha simples onde você pode adicionar ou alterar linguas. Esses idiomas são usados para registos de clientes, fornecedores e contactos.



Visão geral do menu – Painel Armazem 4-28 Página 124

Imagem 77 mostra o painel armazem.

Caminho: Clique no botão Armazem na janela principal.

Imagem 77

PTImage77.png

1.) Clique no botão para abrir a janela do armazem. Veja página 41.
2.) Clique no botão para abrir a visão geral de quantidades. Uma vista de grelha simples onde você pode ver as quantidades para todos os produtos.
3.) Clique no botão para abrir a visão geral de transferência. Uma vista de grelha simples onde você pode ver as transferências criadas. Clique duas vezes em uma linha na lista para abrir essa transferência.
4.) Clique no botão para criar uma nova transferência. Veja página 100.
5.) Clique no botão para visualizar o último inventário concluído.
6.) Clique no botão para criar um novo inventário. veja página 86.
7.) Clique no botão para abrir a vista de grelha da categoria do produto. Uma vista de grelha simples onde você pode ver as possíveis categorias de produtos. Essa vista de grelha é somente leitura.
8.) Clique no botão para abrir a vista de grelha da saída. Uma vista de grelha simples onde você pode ver as saídas criadas. Clique duas vezes em uma linha na lista para abrir essa saída.
9.) Clique no botão para criar uma nova saída. Veja página 102.



Visão geral do menu – Painel documentos 4-28 Página 125

Imagem 78 mostra o painel de documentos.

Caminho: Clique no botão Documentos na janela principal.

Imagem 78

PTImage78.png

1.) Clique no botão para abrir a janela de lista de documentos do cliente com os documentos que podem ser transformados. Veja página 106.
2.) Clique no botão para abrir a janela de lista de documentos do cliente com todos os documentos.
3.) Clique no botão para abrir a janela de lista de documentos do fornecedor com os documentos que podem ser transformados.
4.) Clique no botão para abrir a janela de lista de documentos do fornecedor com todos os documentos.
5.) Clique no botão para abrir a janela da série. Veja página 40.
6.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha com todos os tipos de documentos possíveis. Essa vista de grelha é somente leitura.
7.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha com possíveis assentamentos em dias. A lista de assentamentos é usada para clientes e fornecedores.
8.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha com os tipos de pagamento possíveis.



Visão geral do menu – Painel documentos 4-28 Página 126

9.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha onde você pode adicionar isenções de impostos. As isenções fiscais são utilizadas em documentos e devem ser inscritas nos documentos se for aplicável.



Visão geral do menu – Painel estatísticas 4-28 Página 127

Imagem 79 mostra o Painel estatística.

Caminho: Clique no botão estatísticas na janela principal.

Imagem 79

PTImage79.png

1.) Clique no botão para abrir o filtro estatística. Veja página 114.
2.) Clique no botão para abrir um painel de relatórios onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para a visualização do histórico. Use o filtro de data principal para definir um período para a visualização.
3.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha com as margens de vendas. Utilize o filtro de data principal para definir um período para a vista de grelha.
4.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha com os valores de reciclagem. Utilize o filtro de data principal para definir um período para a vista de grelha.
5.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha com os descontos de liquidação. Utilize o filtro de data principal para definir um período para a vista de grelha. Use o filtro principal de cliente para filtrar para um cliente específico.
6.) Clique no botão para abrir um painel de relatório onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para a visualização dos descontos de recibos. Use o filtro de data principal para definir um período para a visualização. Use o filtro principal de cliente para filtrar para um cliente específico.
7.) Clique no botão para abrir um vista de grelha com a conta corrente do cliente. Defina primeiro o filtro principal de cliente.



Visão geral do menu – Painel extra 4-28 Página 128

Imagem 80 mostra o Painel extra.

Caminho: Clique no botão Extras na janela principal.

Imagem 80

PTImage80.png

1.) Clique no botão para abrir a janela do escritor de auditoria. Veja página 146.
2.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha onde pode alterar os rótulos dos campos de texto e numero do utilizador.
3.) Clique no botão para abrir a janela de atalhos. Veja página 115.
4.) Clique no botão para abrir a janela de vista de dados originais. Veja página 113.
5.) Clique no botão para abrir a vista da grelha de texto armazenada.Veja página 116.
6.) Clique no botão para abrir a janela de gestão de preços. Veja página 57.
7.) Clique no botão para abrir a vista de grelha de lotes. Uma visualização de grelha simples onde você pode adicionar ou alterar lotes. Os lotes são usados em produtos e documentos.
8.) Clique no botão para actualizar todos os produtos com o ID parente correspondente na tabela de lote, para o ID de lote predefinido.
9.) Defina a caixa de selecção Circular nos contactos dos clientes para todos os contactos, você deseja incluir na circular.



Extensão Produção - Novo Produção 5-1 Página 129

Se você criar frequentemente novos produtos a combinar produtos existentes, você vai achará este aplicativo muito útil. Você pode criar uma produção criando uma factura de fornecedor onde você adiciona o produto para produzir e subtrai as produtos necessárias para o novo producto. Este extensão torna o processo muito mais fácil e você sempre pode criar novas produções a partir das listas criadas.

Imagem 81 mostar a janela de lista de produção.

Caminho: Clique no botão Casa na janela principal -> clique em produção no painel casa. O extensáo Produção tem ser instalado e licenciado.

Imagem 81

PTImage81.png

1.) Clique no botão para guardar a lista.
2.) Clique no botão novo para criar uma nova lista para produção.
3.) Clique no botão para eliminar a lista actual.
4.) Clique no botão para alternar a vista para os produtos já produzidos.
5.) Este botão está desactivado nesta vista.
6.) Clique no botão para mover para outra lista.
7.) Clique no botão para mover para outra lista.
8.) Clique no botão para mover para outra lista.
9.) Clique no botão para mover para outra lista.



Extensão Produção - Novo Produção 5-1 Página 130

10.) Digite o ID do produto a ser produzido. Use o botão com o ícone do filtro para escolher o Id do filtro principal do produto. Use o botão com o ampliador para abrir uma janela do selector de produtos, onde você pode escolher o Id clicando duas vezes em uma linha.
11.) Nome de producto para produzir.
12.) Insira a quantidade a ser produzida. Se o produto não utilizar fracções, a quantidade multiplicada pelas unidades deve ser divisível por esse valor.
13.) Insira os produtos na vista de grelha que são necessários para criar o produto acima. As colunas, fração e preço estão desactivados. O preço médio do fornecedor é usado como o preço. Veja página 129 sobre como inserir detalhes do documento.
14.) Mostra o total de listas de produção e o valor total da lista de produção actual.

Clique no botão para iniciar a produção, se você tiver terminado de criar a lista.

Imagem 82 mostra o diálogo de produção.

Imagem 82

PTImage82.png

1.) Defina a data da produção.
2.) Selecione um armazém onde você deseja criar a produção.
3.) Insira a quantidade final a ser produzida. A quantidade base deve ser divisível por o valor neste campo.

Clique em OK para criar a produção. Um analisador ainda verificará se tudo e correcto antes de escrever as novas quantidades.




Extensão Produção – Produções criados 5-2 Página 131

Imagem 83 mostra a vista de produções.

Imagem 83

PTImage83.png

1.) Este botão está desactivado nesta vista.
2.) Este botão está desactivado nesta vista.
3.) Clique no botão para eliminar a produção actual. As quantidades e o preço médio do fornecedor serão recalculados.
4.) Clique no botão para alternar a vista para as listas de produção.
5.) Clique no botão para abrir um painel de relatório onde você pode selecionar um esquema de relatório, para usar para visualizar a produção selecionada em um relatório.
6.) Clique no botão para mover para outra produção criada.
7.) Clique no botão para mover para outra produção criada.
8.) Clique no botão para mover para outra produção criada.
9.) Clique no botão para mover para outra produção criada.
10.) Data de documento.
11.) A vista de grelha é somente leitura nesta exibição.
12.) O total deve estar em zero como o produto produzido tem o mesmo preço que a soma das partes.



Extensão Contas 6-1 Página 132

Este extensão é usado para a gestão de todas as suas contas e contas bancárias. Além disso, os números das contas são usados em conjunto com os dados do facturamento para criar um novo balanço da empresa a qualquer momento.

Imagem 84 mostra a barra de ferramentas de contas.

Caminho: Clique no botão inicial na janela principal -> clique em contas no painel inicial. O extensão de contas tem ser instalado e licenciado.

Imagem 84

PTImage84.png

1.) Clique no botão para abrir as contas. Veja página 133.
2.) Clique no botão para abrir a lista de grupos onde pode adicionar grupos de contas. Veja página 134.
3.) Clique no botão para abrir a lista de descrição onde você pode adicionar descrições para entradas e saídas. Veja página 135.
4.) Clique no botão para abrir a janela de balancete.Veja página 136.
5.) Clique no botão para abrir um painel de relatórios onde você pode selecionar um esquema de relatório a ser usado para visualizar o saldo. Você pode definir um filtro de data no filtro principal para reduzir os registos de balancetes visíveis. Para cada registo de balancete no período selecionado, três colunas são mostradas no relatório. O valor da propriedade, o dinheiro disponível eo valor total da empresa.Veja página 137.



Extensão Contas 6-1 Página 133

Imagem 85 mostra a janela de contas.

Imagem 85

PTImage85.png

1.) Clique no botão para guardar as alterações actuais.
2.) Filtro para a célula selecionada.
3.) Excluir a célula selecionada.
4.) Remover o filtro.
5.) Botões de Filtro para filtrar com a de caixa de texto. Veja o número 10.
6.) Clique no botão para ocultar o painel do filtro, clique no botão novamente para mostrar o painel do filtro. Na imagem acima, o painel do filtro está visível.
7.) Defina uma data para filtrar os registos para data anterior ou igual como o filtro de data.
8.) Selecione uma conta na lista de caixa de combinação. Essa conta será usada se você inserir novos registos.
9.) Uma caixa de selecção de três estados para filtrar registos com a caixa de selecção de verificação.
10.) Selecione uma coluna, digite um filtro e pressione enter ou clique no botão 5. Os curingas são usados automaticamente no final do filtro, você também pode digitar curingas na frente do filtro. Você pode usar sinais menores "<", maiores ">" e iguais "=" para uma data. Filtros são adicionados ao filtro existente até o botão remover filtro é clicado.

Veja página 135 como usar a caixa de combinação descrições.




Extensão Contas - Grupos 6-2 Página 134

Imagem 86 mostra a janela de grupos de contas.

Imagem 86

PTImage86.png

Insira grupos de contas que são usados na janela da conta. Marque a caixa de selecção à esquerda se desejar criar um grupo de contas bancárias.




Extensão Contas - Descrições 6-3 Página 135

Imagem 87 mostra a janela de descrição de contas.

Imagem 87

PTImage87.png

Você pode inserir dois tipos de descrições, entradas e saídas. Essas descrições são usadas na janela de contas. Se você selecionar uma descrição na vista de grelha, poderá escrever texto adicional, como uma referência no final da descrição. Na caixa de combinação da vista de grelha da janela de contas, todas as descrições e todo o texto que você digitou, aparecerá na lista de caixa de combinação. O cursor saltará para a entrada ou saída dependendo da descrição. Você não pode inserir uma entrada se tiver selecionado uma descrição de saída e vice-versa. Você também pode escrever descrições directamente na caixa de combinação. As descrições directamente inseridas não aparecerão nas janelas de entrada e saída das descrições, mas podem ser selecionadas na caixa de combinação da vista de grelha da janela de contas. Se o início da descrição não corresponde a uma descrição de entrada ou saída, a linha é utilizável tanto para entrada como para saída. Depois de selecionar ou digitar a descrição, o cursor saltará para a coluna de entrada. Para evitar erros é melhor usar descrições fixas e adicionar uma referência. Assim a entrada e a saída não pode ser confundido.




Extensão Contas - Balanço 6-4 Página 136

Imagem 88 mostra a janela de balanço.

Imagem 88

PTImage88.png

1.) Este botão está desactivado nesta vista. Se você abrir a vista de grelha o botão fica activado. Selecione uma linha na vista de grelha e clique no botão, para abrir o registo de balanço.
2.) Clique no botão para guardarar as alterações actuais.
3.) Clique no botão para criar um novo balanço.
4.) Clique no botão para eliminar o balanço selecionado.
5.) Clique no botão para abrir uma vista de grelha com os registos de balanço.
6.) Este campo mostra a data de criação do registo de balanço.
7.) Este campo mostra o valor de stock. Esse valor é calculado com os dados da aplicação.
8.) Este campo mostra o valor dos documentos não pagos. Esse valor é calculado com os dados da aplicação.
9.) Este campo mostra o valor total das contas bancárias. Esse valor é calculado com os dados da janela de contas.
10.) Insira um valor para sua propriedade. Você pode criar uma conta para sua propriedade, o que torna mais fácil alterar os valores lá e copiar o total da lista de contas.
11.) Insira outros valores.



Extensão Contas - Balanço 6-4 Página 137

1.) Insira os impostos que sua empresa precisa pagar. Você pode usar o relatório de histórico no painel estatístico para encontrar esse valor.
2.) Insira o valor que sua empresa possui em dinheiro.
3.) Mostra o valor total da empresa.
4.) Mostra o total de dinheiro disponível em dinheiro e de contas bancárias.

Imagem 89 mostra o relatorio de balanço.

Imagem 89

PTImage89.png




Extensão Encomendas automaticas 7-1 Página 138

Este extensão é usado para criar as suas encomendas a fornecedores, dependendo das encomendas de seus clientes e das quantidades mínimas e máximas estabelecidas para cada produto nos registos de produtos. Este extensão é muito útil se você quiser trabalhar com um stock reduzido ou se você tem encomendas de varios clientes, onde apenas uma parte dos produtos necessários estão presentes no armazém e o restante parte tem ser ainda encomendado. Nota que, se as ordens do cliente devem ser consideradas, a opção de permitir quantidades negativas para pedidos de clientes tem ser marcada na janela de opções. Veja página 77 Opções avançadas.

Imagem 90 mostra a janela de encomendas a fornecedor com a janela de encomendas automáticas aberto.

Caminho: Clique no botão fornecedor na janela principal -> clique em Encomendas fornecedor no painel fornecedor -> clique em encomendas na barra de ferramentas de encomenda fornecedor.

O extensão Encomendas automaticas tem ser instalado e licenciado.

Imagem 90

PTImage90.png




Extensão Encomendas automaticas 7-1 Página 139

1.) Clique no botão para abrir a janela de encomenda automático. A vista de grelha não pode conter registos, antes de usar esse controle. Veja a imagem 90.
2.) Clique no botão para gravar todos os produtos em falta nos detalhes da encomenda. As encomedas do cliente e o stock negativo são usados para o cálculo.
3.) Igual ao botão 2 com a diferença de que a ordem é aumentada pelo número, escrito no campo mínimo no registo de produtos.
4.) Igual ao botão 2 com a diferença de que a encomenda é aumentada por um número médio, entre mínimo e máximo, escrito nos respectivos campos no registo de produtos.
5.) Igual ao botão 2 com a diferença de que a encomenda é aumentada pelo número, escrito no campo máximo no registo de produtos.



Menus de contexto 8-1 Página 140

Imagem 91 mostra o menu de contexto de botões de notificação.

Caminho: Clique com o botão direito do rato no botão de notificação, para abrir este menu de contexto.

Estas opções só está disponível para utilizadores registados.

Imagem 91

PTImage91.png

1.) Clique neste botão para abrir a janela “Sobre” desta aplicação.
2.) Abre Dcryptis Gestão e Facturação. Esta opção mostrará se você tem a aplicação Dcryptis Gestão e Facturação instalado e uma licença válida para esse programa.
3.) Abre Palavra de passe. Esta opção mostrará se você tem a aplicação Palavra de passe instalado e uma licença válida para esse programa.
4.) Abre a applicação Imagens. Esta opção mostrará se você tem a aplicação Imagens instalado e uma licença válida para esse programa.
5.) Abre o Calendario e organizador.
6.) Mostra ou esconde a janela Login.
7.) Sair da aplicação e fazer logoff.



Menus de contexto 8-2 Página 141

Imagem 92 mostra o menu de contexto de aplicação Dcryptis Gestão e Facturação.

Caminho: Clique com o botão direito do rato dentro de uma janela ou dentro de um controle numa janela. Você nunca verá todos os botões de uma vez como mostrado na imagem 92 abaixo. Os botões apenas mostram se aplicam à janela e ao controlo actualmente selecionados.

Imagem 92

PTImage92.png

1.) Bloqueia o tamanho da janela actual.
2.) Define o tamanho da fonte da janela actual.
3.) Redefine as configurações da janela actual para os valores padrão. Isso será aplicado quando a janela for aberta na próxima vez.
4.) Define a opacidade da janela actual.
5.) Se marcada, todas as janelas de selecção serão definidas como janelas superiores.
6.) Mostra a caixa de combinação para procurar o ID.
7.) Mostra a caixa de combinação para procurar o código.
8.) Mostra a caixa de combinação para procurar o nome.
9.) Mostra a caixa de combinação para procurar tudo.
10.) Definir o tamanho das colunas.



Menus de contexto 8-2 Página 142

11.) Define o tamanho automático das linhas.
12.) Guarde as configurações do utilizador de vista de grelha. Todas as visualizações de grelha com muitas colunas, têm a opção de mostrar ou ocultar colunas. Clique com o botão direito do rato no cabeçalho de uma coluna, para mostrar a janela de selecção de colunas, onde você pode escolher quais colunas quer mostrar ou ocultar.
13.) Você pode usar o botão Cortar ou Ctrl x para cortar sua selecção.
14.) Você pode usar o botão Cópiar ou Ctrl x para cortar sua selecção.
15.) Você pode usar o botão Colar ou Ctrl v para colar sua selecção.



Menus de contexto 8-3 Página 143

Imagem 93 Mostra a janela de selecção de colunas.

Caminho: Clique com o botão direito do rato no cabeçalho de uma coluna, para mostrar a janela de selecção de colunas, onde você pode escolher quais colunas quer mostrar ou ocultar.

Imagem 93

PTImage93.png

1.) Alguns controles estão desactivados e sempre serão mostrado. Você não pode desmarcar esses controles.
2.) Marque um controle activado, para mostrar a coluna, ou desmarque o controle para ocultar a coluna.
3.) Marque ou desmarque o controle para marcar ou dismarcar todos os controles.



Menus de contexto 8-4 Página 144

Imagem 94 mostar o menu de contexto de Palavras de passe.

Imagem 94

PTImage94.png

1.) Bloqueia o tamanho da janela actual.
2.) Define o tamanho da fonte da janela actual.
3.) Define a opacidade da janela actual.
4.) Redefine as configurações da janela actual para os valores padrão. Isso será aplicado quando a janela for aberta na próxima vez.
5.) Guarda todas as configurações do utilizador.
6.) Mostra ou oculta a vista de grelha.



Menus de contexto 8-5 Página 145

Imagem 95 mostra o menu de contexto de uma vista de grelha. Clique com o botão direito do rato em uma vista de grelha para mostrar este menu de contexto.

Imagem 95

PTImage95.png

Nas visualizações de grelha com muitas colunas, você tem a opção de mostrar ou ocultar colunas. Você também pode alterar tamanhos de coluna. Primeiro, mude os tamanhos das colunas ou oculte as colunas e, em seguida, clique no botão guardar Vista de grelha, no menu de contexto. Se você alterar a vista para todas as células, por exemplo, você pode voltar facilmente para mostrar a configuração do utilizador, clicando no tamanho da coluna do botão e clicando no botão Utilizador. Se uma vista de grelha não for somente leitura, como a da imagem acima, os botões cortar, copiar e colar serão mostrado no menu de contexto.




Exportação de ficheiro SAF-T 1.04.01 9-1 Página 146

Imagem 96 mostra a caixa de diálogo de exportação do ficheiro de auditoria (SAFT).

Caminho: Clique no botão Extras na janela principal -> Clique em Escritor SAF-T no painel Extras. Para poder usar esta opção, o programa tem ter uma licença activa.

Imagem 96

PTImage96.png

1.) Se um ficheiro de auditoria ainda não foi exportado, a data mostrarão o início do ano actual. Se um arquivo de auditoria já foi exportado, a data serão alterada para o período de próximo mês automáticamente. Você pode alterar as datas manualmente para qualquer período.
2.) Você pode alterar as datas para o próximo período devido com este botão.
3.) Se um ficheiro de auditoria ainda não foi exportado, a data mostrarão o fim do ano actual. Se um arquivo de auditoria já foi exportado, a data serão alterada para o período de próximo mês automáticamente. Você pode alterar as datas manualmente para qualquer período.
4.) Você pode alterar as datas para os últimos três dias com este botão.
5.) Extraia o ficheiro de auditoria do período acima.
6.) Abra uma vista de grelha para filtrar os documentos, onde o código At está ausente. Aplica-se apenas a documentos que precisam ter um código At.
7.) Extraia um arquivo de auditoria com os documentos, filtrados no vista de grelha como descrito no botão 6.



Exportação de ficheiro SAFT 9-1 Página 147

8.) Insira um ID de fornecedor para extrair auto facturas, criadas em nome desse fornecedor. O fornecedor selecionado tem ser do tipo "sujeito passivo" e tem ter a sua própria série registada. Se o tipo de documento de auto factura for selecionado na janela da série,uma caixa de texto mostrará onde você pode registar a série para o fornecedor.
9.) Selecione um período e digite um ID de fornecedor para extrair as auto facturas de desse fornecedor. Consulte a secção auto facturas na página 157.
10.) Se você criou um ficheiro de auditoria de transporte como descrito no botão 7, você deve ser capaz de baixar o arquivo de resposta nas finanças. A data de partida do documento tem ser anterior, que o tempo que você estava a submeter o ficheiro. Caso contrário, o ficheiro de resposta não fornece o código At, mas um erro.
11.) Você pode extrair o inventário anual no formato legal xml com este botão.

Para todos os ficheiros a serem extraídos:

Se for defenido um caminho para a exportação, o ficheiro será gravado nesse local. Se nenhum caminho for defenido, uma caixa de diálogo será aberta para solicitar a localização e o nome do ficheiro para essa exportação. Depois que o ficheiro é exportado, ele será analisado com o analisador de esquema. Se nenhum erro for encontrado e seus totais no arquivo xml estiverem correctos, você pode enviar o ficheiro para as finanças. Para verificar um arquivo xml manualmente altere o fim de nome para .txt ou clique no arquivo com o botão direito do mouse e clique em "abrir com o seu navegador" no menu de contexto da janela.

Não altere os ficheiros de auditoria manualmente, pois os dados no ficheiro não serão os mesmos que os dados na aplicação.




Adicionar e editar relatórios 10-1 Página 148

Um relatório é criado com dados da aplicação, e um esquema de relatório é usado para determinar o layout e as descrições de texto para os controles de dados.

Os esquemas de relatório podem ser alterados pelo utilizador, mas por razões legais, as esquemas restritos como layouts de documentos tem ser aprovados por nós. Entre em contacto com nos, se você precisa de alterar relatórios. Dependendo de suas necessidades, enviaremos uma proposta. Nós não pedimos necessariamente uma taxa para esse trabalho. Em vez de desistir já, envolva-se. Não hesite em perguntar primeiro!

Estamos a usar arquivos .rdlc como arquivos de esquema que são realmente arquivos .xml. Os arquivos Xml são bases de dados escritas em uma linguagem de marcação semelhante ao html. Os campos de dados em um arquivo xml são incluídos em um tag de início < e um tag de fim />. Se você quiser alterar apenas algumas descrições em um relatório, você pode abrir o arquivo .rdlc no bloco de notas e localizar o nome exacto que deseja alterar. Não altere os controles ou campos de dados manualmente no bloco de notas. Você pode encontrar os esquemas de relatório em ... / Dcryptis / Reports. Você deve sempre criar cópias de esquemas existentes, antes de tentar alterá-los. Faça apenas pequenas alterações de cada vez e, em seguida, verifique se o esquema de relatório ainda funciona.

Os nomes dos esquemas de relatório começam com o ISO de duas letras do país, seguido por um número de cinco dígitos. O texto após o número é informação para o utilizador sobre o esquema de relatório. Se o texto de um esquema de relatório com um relatório secundário tiver de ser alterado, ambos os arquivos tem ter o mesmo nome com a excepção do primeiro dígito do número. Os relatórios principais começam com um 1 após o valor ISO, enquanto os relatórios secundários começam com um 2. Além disso, o esquema do relatório principal tem de alterar o nome do sua relatório secundário. Veja página 154 com uma lista de possíveis números para cada tipo de documento.

Alterar o nome de um esquema de relatório com um relatório secundário: Existe um esquema de relatório de factura com o nome PT100 Factura.rdlc. O nome do relatório secundário é PT200 Factura.rdlc.




Adicionar e editar relatórios 10-1 Página 149

Para adicionar um relatório pode fazer uma cópia de um ficheiro. Em seguida, altere o nome após o número para o texto de sua escolha. Por exemplo, alterar PT100 Factura.rdlc para PT100 MyInvoiceSchema.rdlc e alterar PT200 Factura.rdlc para PT200 MyInvoiceSchema.rdlc. Abra agora o PT100 MyInvoiceSchema.rdlc com o bloco de notas e procure "subreport". Você vai encontrar tags como os seguintes: < Subreport Name="Subreport1" > < ReportName>PT200 Factura >/ReportName> Não altere o “Subreport Name”, altere o "ReportName". No exemplo acima você deseja alterar "PT200 Factura" para o seu nome PT200 MyInvoiceSchema. A extensão do ficheiro não é escrita aqui!

Alterar uma descrição dentro de um relatório:

Por exemplo, você deseja alterar o texto "Data Vencimento:" para "Settlement date:” Abra o PT100 Factura.rdlc ou uma cópia dele e procure "Data Vencimento:".

Você encontrará um tag como seguinte:

Imagem 96a

Image96a.png

Altere apenas o texto dentro de tag que está marcada no nosso exemplo acima. Você só pode alterar rótulos, não outros controles com este método. Editar o esquema de relatório manualmente tem suas limitações, mas ainda pode mudar mais algumas coisas além do mencionado anteriormente.Na secção 10-2, explicamos como você pode alterar os esquemas de relatório com uma ferramenta.




Adicionar e editar relatórios 10-2 Página 150

Para alterar esquemas de relatório com um editor, você deve ter alguns conhecimentos básicos sobre programação de computadores. Faça o download do Visual Studio Express 2010 ou posterior. Você também pode fazer o download da edição comunitária Visual Studio 2015. Após a instalação, você pode abrir arquivos .rdlc directamente do explorador de ficheiros. Com o editor, você pode alterar todos os layouts, descrições, tamanho e quaisquer outros aspectos do ficheiro de esquema. Não é possível alterar os nomes e os valores dos parâmetros e não é possível alterar os campos de dados provenientes da aplicação.

Imagem 97 mostra o ficheiro PT100 Factura.rdlc aberto no editor de visual studio.

Imagem 97

Image97.png

Digite a combinação de teclas "ctrl + alt + d", para ver o painel de dados do relatório como na imagem 97 acima.




Adicionar e editar relatórios 10-2 Página 151

Clique em "Parâmetros" no painel do lado direito para ver a lista de parâmetros.

Imagem 98

Image98.png




Adicionar e editar relatórios 10-2 Página 152

Clique em "Dataset" e, em seguida, "rptInvoiceTable" no painel do lado direito para ver a lista de campos de dados.

Imagem 99

Image99.png

Estes são os dados que você pode usar. Basta arrastar um parâmetro ou campo para o painel principal para adicionar este campo ao relatório. Em seguida, você pode alterar o texto do rótulo ou definir uma condição para exibir ou ocultar os dados.




Adicionar e editar relatórios 10-2 Página 153

Você pode inserir novos controles abrindo a caixa de ferramentas e arrastando itens para o painel principal. Vá para o menu -> vista -> e clique em caixa de ferramentas. Você também pode inserir a combinação de teclas ctrl + alt + x. Você só precisa guardar o ficheiro, se você terminar de editá-lo. Você não tem de compilar o código, mas se você compilar, você pode encontrar erros mais fácil.

Imagem 100

Image100.png




Adicionar e editar relatórios 10-2 Página 154

A imagem 101 mostra uma lista dos números associados aos tipos de documento. Um relatório principal começa com um 1 após o valor ISO de duas letras enquanto um relatório secundário começa com um 2 após o valor ISO de duas letras.

Imagem 101

PTImage101.png




Adicionar e editar relatórios 10-2 Página 155

Você pode encontrar muitos tutoriais e lições sobre os relatórios da Microsoft e o editor de relatório, na Internet.

Seguindo alguns links:

https://msdn.microsoft.com/en-us/library/bb558708.aspx

https://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms252073.aspx

http://www.vbforums.com/showthread.php?717175-How-to-use-Report-Viewer-with-Visual-Studio-2012-Express

https://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms233804.aspx

https://msdn.microsoft.com/en-us/library/aa337089.aspx

Também vamos criar criar instruções em vídeo para as questões mais complicadas, como o relatório.




Apêndice 11-1 Página 156

Palavras-chave que não aparecem nas tabelas de conteúdo:

Auto factura Veja página 43,  página 92,  página 93,  página 157
Factura de terceiros Veja página 92,  página 93,  página 158
Direitos utilizadores Veja página 79

Problemas relacionados ao sistema:

Se você estiver executando o Windows 10 e ter seu texto escalado definido para qualquer outra coisa que as configurações recomendadas de 100%, alguns itens não serão dimensionados correto. Deixe o dimensionamento em 100%, aguarde que a Microsoft solucione o problema ou transfira uma correção para esse problema a partir daqui.

Windows XP tem uma configuração de cor diferente que os versões mais recentes do Windows. Portanto, a cor sepia para ícones é desactivado se você estiver executando o Windows XP.

Assuntos relacionados com países:

Lembre-se de que as Facturas Simplificadas em Portugal só podem ser emitidas com um valor total inferior a 100 €, se os serviços forem facturados e um valor total inferior aos 1.000 €, se a mercadoria for facturada!




Apêndice - Auto factura 11-2 Página 157

O objectivo de uma auto fatura é documentar os valores e os impostos como uma despesa. Há várias razões para criar uma auto factura. O fornecedor não tem meios para criar uma factura ou por motivo logístico ou apenas por conveniência. A aplicação pode criar três tipos de auto facturas.

1.) Você pode criar uma auto factura como uma compra de um fornecedor do tipo de imposto "Sujeito passivo". Você deve ter um acordo escrito com esse fornecedor antes de criar uma auto factura em nome do fornecedor. Você pode usar o modelo de contrato, na pasta da aplicação em “Templates”, para criar esse acordo. Você deve enviar um extracto de arquivo de auditoria todos os meses para o fornecedor ou enviar o extracto aos finaças directamente em nome de fornecedor. O escritor de arquivo de auditoria tem uma opção especial para criar este tipo de arquivo para o fornecedor em nome do fornecedor. Sua empresa aparecerá nesse extrato de arquivo de auditoria como o cliente!
A.) Primeiro você tem de marcar a caixa de verificação de auto fatura no registo de fornecedor.
B.) Você tem de registar uma série de tipo de auto fatura para o fornecedor. Na série de janelas depois de selecionar o tipo de documento específico, uma opção mostrará onde você pode inserir o ID do fornecedor. Você também pode criar uma nova série com o tipo de documento desejado.
C.) Crie uma factura de fornecedor e selecione a série de auto-fatura na caixa de diálogo.
2.) Você pode criar uma auto factura como uma compra de um fornecedor do tipo de imposto "Consumidor final". Você não precisa de um acordo escrito para esse tipo de auto factura!
3.) Você pode e deve registar uma auto factura, criada por um de seus clientes em seu nome.
A.) Você deve marcar a caixa de selecção auto factura no registo de cliente.
B.) Crie uma factura de cliente e marque a caixa de selecção auto factura no painel Outros.
9.)



Apêndice - Factura de terceiros 11-3 Página 158

As facturas de facturamento de terceiros são facturas criadas por terceiros. Um acordo deve existir entre ambas as partes, antes de criar esse tipo de documento. A aplicação Dcryptis Gestão e Facturação pode registrar e criar facturas de facturamento de terceiros.

1.) .) Para registrar facturas de terceiros, que foram criadas para o seu cliente e/ou com os seus productos em nome de uma terceira entidade: Crie uma factura de cliente e marque a caixa de selecção factura de terceiros no painel Outros.
2.) Se você é a terceira entidade que deseja criar uma factura para um cliente de outra empresa (e/ou com produtos de outra empresa): Crie uma factura normal para o cliente desejado, deixe a caixa de selecção, factura de terceiros, desmarcada.



Apêndice - Nota créditos clientes 11-4 Página 159

Para poder criar uma nota de crédito ao cliente, uma referência tem ser definida primeiro.Existem três tipos de notas de crédito.

1.) Uma nota de crédito que credita a quantidade de produtos, vendidos com a(s) factura(s) referenciada(s). Os preços, impostos e descontos tem corresponder ao(s) produto(s) da(s) factura(s) referenciada(s). O(s) produto(s) creditado(s) retornam ao armazém.
2.) Uma nota de crédito que retifica os preços dos produtos. A quantidade tem corresponder à quantidade de produto da(s) factura(s) referenciada(s). O(s) produto(s) rectificado(s) retornam ao armazém.
3.) Uma nota de crédito que credita um valor, relacionado a um período.

Os dois primeiros tipos de crédito podem ser utilizados na mesma nota de crédito para diferentes produtos.

Imagem 102

PTImage102.png

1.) Clique duas vezes na caixa de texto de referência para abrir a caixa de diálogo.
2.) Selecione uma série de factura na caixa de combinação combobox.
3.) Mostra as referências selecionadas.
4.) Um motivo para a nota de crédito pode ser adicionado aqui.
5.) Clique no botão com o calendário para selecionar um período para a nota de crédito. Clique no botão com o olho para selecionar uma série de um arquivo de armazenamento.
6.) Clique no botão com o sinal de mais para adicionar uma referência selecionada. Repita os passos para cada referência. Clique no botão eliminar para remover as referências.
7.) Clique no botão OK se a referência estiver definida.



Tabela de conteúdos Dcryptis Transformar Imagens (DSImages) 12-1 Página 160

Secção Página
Sobre a aplicação 12-2 160
Transformar imagens 12-3 160-161



Sobre a aplicação 12-2

Esta aplicação redimensiona e transforma imagens para novas imagens. Múltiplas imagens podem ser selecionadas de uma vez e transformadas para outros tamanhos e diferente tipos.




Transformar Imagens 12-3

Imagem 103

PTImage103.png




Transformar Imagens 12-3 Página 161

1.) Transforme e guarde as imagens selecionadas.
2.) Redefinir todas as configurações.
3.) Veja os detalhes da janela.
4.) Veja o registro das imagens transformadas.
5.) Mostra a pasta de destino.
6.) Clique no botão para procurar a pasta de destino.
7.) Mostra a pasta de origem.
8.) Clique no botão para procurar a pasta de origem ou araste e solte imagens sobre a área 17.
9.) Escalar as imagens selecionadas por uma Percentagem.
10.) Defina a largura desejada para as imagens selecionadas.
11.) Defina a altura desejada para as imagens selecionadas.
12.) Defina uma qualidade entre 1 e 4. Configure imagens pequenas para uma baixa qualidade e configure fotos para uma alta qualidade.
13.) Defina a cor das imagens selecionadas para sépia.
14.) Defina a cor das imagens selecionadas para escala de cinza.
15.) Transforme as imagens para o tipo de imagem selecionado na caixa de combinação.
16.) Defina o tamanho máximo permitido em bytes, para as imagens transformadas.
17.) Mostra a última imagem da selecção como um exemplo. Pode arastar e soltar imagens sobre esta área.
18.) Mostra a última imagem transformada das imagens selecionadas como um exemplo.